F125cc.com
Velas iridium vs outras velas F125cc10
Setembro 2019
SegTerQuaQuiSexSabDom
      1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30      

Calendário Calendário

Tempo
ipma.pt-Google pagerank and Worth
Como chegaste ao F125cc?
Preços dos Combustíveis


Quem está conectado
44 usuários online :: 1 usuário cadastrado, Nenhum Invisível e 43 Visitantes :: 2 Motores de busca

Scpsnet

O recorde de usuários online foi de 326 em Qua 16 Maio - 22:19

Velas iridium vs outras velas

Ir em baixo

Velas iridium vs outras velas Empty Velas iridium vs outras velas

Mensagem  ampdavid em Dom 1 Set - 10:00

Bom dia.
Numa pesquisa vi um tópico muito interessante sobre a diferença entre velas iridium e as convencionais, ilustrando informação sobre a constituição deste tipo de velas iridium.
Achei interessante a partilho a informação, visto que não tenho autorização para colocar o link. Transcrevo do original a partir do próximo parágrafo, e muito embora não tenham passarado as imagens, dá para termos mais informações que me parecem coerentes e de valor acrescentado:

Muito se comenta a respeito das velas Iridium, e se elas realmente fazem diferença no funcionamento do motor. Vou tentar explicar a diferença entre essas velas e as velas normais.

Todo motor de combustão por centelha precisa de velas de ignição. Elas são responsáveis por criar a faísca dentro da câmara de combustão no momento exato em que o combustível está comprimido, gerando assim a combustão do mesmo e, desta combustão, o movimento que faz o motor virar.

Irídio (Iridium no idioma Inglês) é um elemento metálico extremamente duro e raro, relacionado a platina. Além de sua dureza, a principal propriedade que faz o Irídio atraente como um material eletrodo para as velas de ignição é o seu altíssimo ponto de derretimento (quase 2.500 ºC).
O Irídio não é um excelente condutor energético, por isso ele é usado em forma de liga, misturado com outros metais como a platina, cobre e zinco, desta forma, se tornando uma liga extremamente dura, com alto ponto de derretimento e excelente condutividade elétrica.



Tradicionalmente as velas de ignição possuem eletrodos de cobre ou platina.


Sendo então um metal mais durável e resistente, o Irídio permite a fabricação de eletrodos mais finos, desta forma, a tensão necessária para fazer a faísca na vela é muito menor, o que tem trás algumas vantagens:
Menos tensão (volts) é necessária, o que diminui a carga no sistema de ignição do motor.
Permite um espaço maior entre o eletrodo e o aterramento da vela sem aumentar a carga no sistema de ignição. Mais espaço significa uma faísca maior e portanto, aumento na eficiência da combustão.
Faísca mais precisa, sempre na posição correta e com o tempo correto, o que aumenta a eficiência da combustão.
Melhora na resposta do acelerador.
Economia de combustível (que depende mais de como você aproveita a melhora na resposta do acelerador)
Aumento na vida útil da vela. Velas de Iridium costumam ter o dobro da durabilidade.
Aumento da potência do motor (em torno de 1 a 3%)
Parece ótimo, não? No entanto, substituir as velas do motor por velas Iridium não significa ter todas essas vantagens, e cada motor vai ter um comportamento diferente com este tipo de vela. Alguns motores nem mesmo possuem uma vela Iridium recomendada como substituta de uma vela tradicional.

É o caso da V-Strom 650. Quando fui comprar as velas para minha moto, percebi que a NGK não indica nenhum modelo de vela Iridium para ela.


O modelo original é o CR8E, então eu decidi por livre escolha, colocar as velas da V-Strom 1000 (CR8EIX).
As velas funcionam, e estão funcionando até agora (já faz 30 mil km que estou usando). Mas eu não percebi nenhuma melhoria em desempenho ou em consumo de combustível. Mas é importante lembrar que a V-Strom 650 usa duas velas por cilindro, então eu acho que mesmo com as velas originais a queima do combustível já era bem otimizada.

Tirei uma das velas para conferir o desgaste do eletrodo e ainda há bastante material para gastar, então pelo menos no quesito durabilidade, as velas estão se saindo muito bem (lembrando que o cronograma da Suzuki é substituir as velas a cada 12 mil km).


Em motores que usam apenas uma vela por cilindro (são a maioria), acho que as velas Iridium podem sim trazer algum ganho de desempenho. Porém, só o fato de durarem mais já é um bom motivo para usar este tipo de vela.


ampdavid

Masculino Mensagens : 11
Data de inscrição : 27/08/2019
Mota : Keeway RKV 125 de 2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Velas iridium vs outras velas Empty Re: Velas iridium vs outras velas

Mensagem  Lallo em Dom 1 Set - 11:44

O fato é que cada um tem o direito de gastar o próprio dinheiro com o que bem ou mal entender.

Eu acho graça o caboclo jogar fora uma vela de ignição convencional após 10 ou 12 mil km, cumprindo o que os planos de manutenção de montadoras e fabricantes preconizam às motos de baixa cilindrada.

Minhas velas de ignição convencionais  - núcleo de cobre com eletrodo de liga de níquel - em motos de baixa cilindrada ultrapassam os 30 e poucos mil quilômetros, sussa.
Basta saber dar o talento nas velas para mantê-las perfeitas sem comprometimento de desempenho do motor e consumo de combustível.
Isto posto, basta fazer em papel de pão uma análise custo-benefício comparativa para perceber que contra números não há argumentos.

Ademais não há um único estudo com laudos de laboratórios de testes de certificação e ou organismos de renome que suportem essa lenda urbana. Que os marqueteiros de plantão promovem, claro que todo mundo precisa defender o caviar de cada dia.
Nenhum fabricante de velas afirma explicita ou tacitamente que velas de irídio melhoram o desempenho, aumentam a potência e ou reduzem consumo de combustível, quando estas não sejam as recomendadas para o motor que fora desenvolvido.

Se todas as propagandas de vendedores e marqueteiros fossem verdade, mulheres não teriam mais rugas e celulite e minhas motos de baixa cilindrada fariam 1,25 l/100 km.

Como dar parte do talento às velas?
Vem comigo:

Velas de ignição – Cuidados e manutenção básica – Parte 1
http://clubedosyamaheiros.forumeiros.com/t146-velas-de-ignicao-ajuste-e-manutencao-basica-parte-1
Lallo
Lallo

Masculino Mensagens : 267
Data de inscrição : 23/01/2018
Mota : YBR 125 Factor

Voltar ao Topo Ir em baixo

Velas iridium vs outras velas Empty Re: Velas iridium vs outras velas

Mensagem  ampdavid em Dom 1 Set - 14:14

Foi só uma partilha. Não sou nem tenho nada a haver com propagandas nem fornecedores, ponto final. Na minha mota tenho uma vela convencional. Por tal, penso que está tudo dito e reforço que as partilhas de informação como a minha, a do caro Lallo e a de todos, sejam boas, sejam más, servem para melhorarmos o que temos e nos defendermos. Por mim, mantemos as partilhas, as livres opiniões e as ajudas técnicas. Do meu lado também sempre que possa e tenha conhecimentos, ajudarei no que possa. Resto de bom domingo para todos e boas curvas.

ampdavid

Masculino Mensagens : 11
Data de inscrição : 27/08/2019
Mota : Keeway RKV 125 de 2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Velas iridium vs outras velas Empty Re: Velas iridium vs outras velas

Mensagem  Dias em Dom 1 Set - 15:11

@ampdavid
Fica calmo (ou, como se diz em Algarvio, pranta-te quedo) que o Lallo não está a atacar ninguém!
Nestas coisas de motos (e não só), há sempre vários pontos de vista e todos podem ter razão. Esta é uma das razões para que existem os fóruns, de modo a que todos possam trocar ideias... e todos possam escolher de acôrdo com as suas preferências.
Vou dar um exemplo (que, de propósito, nada tem a ver com velas de ignição): Tenho um pneu Michelin S1 na roda de trás na Cygnus; dura só 6.000 km e custa 40% mais do que, por exemplo, o Continental. Contudo, não quero outro!
Será que sou maluco, parvo, etc.?
Eu acho que não.
Partilho a informação e não fico zangado mesmo se toda a gente me disser que o pneu XPTO é que é a boa escolha! Bom para eles!
Eu vou tentar continuar com os Michelin S1 (na Cygnus, porque na Aquila só quero Battlax... são manias!)!
Dias
Dias

Masculino Mensagens : 5413
Data de inscrição : 16/06/2010
Mota : Yamaha Cygnus RS (e Hyosung GV650iPro)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Velas iridium vs outras velas Empty Re: Velas iridium vs outras velas

Mensagem  ampdavid em Dom 1 Set - 15:58

Sem stress porque não levei a mal. Os emails e o que escrevemos, são assim mesmo e os seus entendimentos não são consensuais.

Continuo com a minha humildade em querer aprender e partilhar, independente da idade. Os fóruns são para isso mesmo.

Quanto à parte final da tua resposta também uso os batlax e adianto que não sou novo nisto porque há 24 anos andava já de moto e era muito maior que a que tenho agora e já os usava numa zzr 1100. 24 anos depois e após um grande acidente, ganhei coragem com família e tudo e voltei a ter mota, mais pequena mas é só para o verão e chega bem para o que quero e objetivos, porque vai ficar parada grande parte do ano e só farei uma média de 1000 km por ano ou mesmo metade. Os pneus batlax voltam a estar comigo e já rocei de novo com os patins no chão nas curvas de trás os montes. A mota curva bem e pneus são bons. Aconselho.

Relativamente ao início da conversa, as velas uso as que a marca preconiza e neste caso não são iridium mas sim as ngk DR8EA.

Abraço e boas curvas

ampdavid

Masculino Mensagens : 11
Data de inscrição : 27/08/2019
Mota : Keeway RKV 125 de 2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Velas iridium vs outras velas Empty Re: Velas iridium vs outras velas

Mensagem  Dias em Dom 1 Set - 18:41

Dias
Dias

Masculino Mensagens : 5413
Data de inscrição : 16/06/2010
Mota : Yamaha Cygnus RS (e Hyosung GV650iPro)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Velas iridium vs outras velas Empty Re: Velas iridium vs outras velas

Mensagem  ampdavid em Dom 1 Set - 21:43

Da minha parte agradeço a partilha de informação.
Apos leitura, tudo se resume á escolha: performance vs durabilidade.
Como disse, uso as normais (cobre) NGK
No meu caso, a durabilidade para quê? A minha mota vai permanecer como nova durante anos face aos km que farei anuais como referi. Portanto, levou com as que me referiram no representante como indicadas.
Áparte do assunto, sim terei que fazer pelo menos uma vez por ano, uma revisão de óleo e filtro de óleo e rever os restantes componentes.
Obrigado.

ampdavid

Masculino Mensagens : 11
Data de inscrição : 27/08/2019
Mota : Keeway RKV 125 de 2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Velas iridium vs outras velas Empty Re: Velas iridium vs outras velas

Mensagem  Dr_Lion em Seg 2 Set - 0:22

A minha opinião é a menos que seja para competição e aí há muito dinheiro envolvido e material de topo, talvez faça sentido gastar mais aquele bocadinho para sacar meio segundo.

No dia a dia, na minha opinião, sem deixar ultrapassar o limite do andar a estragar, é usar até ao osso. Quando a mota deixa de pegar direito, e ao trocar a vela reparo que melhora o processo da mota pegar significa que está na altura de trocar.

Se experimento uma nova e o comportamento é o mesmo, vai para a caixa, e continuo a andar com a velha até que note diferença..

Dr_Lion

Masculino Mensagens : 80
Data de inscrição : 18/07/2018
Mota : Suzuki DRZ400

Voltar ao Topo Ir em baixo

Velas iridium vs outras velas Empty Re: Velas iridium vs outras velas

Mensagem  quarku em Seg 2 Set - 21:14

Já tive um Datsun 1200 que tinha umas velas "normais". Quando lhe meti umas de 3 polos, notei a diferença. Mas isto era porque as originais eram de 1970 e fracas.

Mas para a minha moto hoje em dia, só há dois tipos que vou meter: são os dois modelos que estão no manual da minha moto. A Honda diz que é vela xpto e xpto2 para quando ela vai fazer percursos longos em alta rotação.

Mas no fundo, acho que é uma questão de euros. Se uma normal é quase igual ou até igual, a diferença está no custo e às vezes mais vale trocar de velas duas vezes em vez de comprar uma que dura mais.

É como as gajas.

quarku

Masculino Mensagens : 178
Data de inscrição : 12/05/2019
Mota : Honda "Dora" CB125R 2019

Voltar ao Topo Ir em baixo

Velas iridium vs outras velas Empty Re: Velas iridium vs outras velas

Mensagem  Lallo em Ter 3 Set - 3:17

A velas de irídio foram concebidas com o objetivo de proporcionar maior vida útil em termos de quilometros percorridos. O restante das vantagens apregoadas são lendas urbanas plantadas por vendedores e marqueteiros para alavancar as vendas deles.

Inclusive nem os fabricantes de velas tais como NGK, Denso e Beru para citar alguns prometem nada além de maior vida útil.

Em se tratando de velas de ignição convencionais - de electrodo central de cobre com a ponta ignífera revestida de liga de níquel. O que os fabricantes não ensinam porque não lhes interessa, é que uma vela convencional pode render até quatro vezes mais em quilometragem do que os manuais de serviço e ou do utilizador recomendam.
Afinal, se os fabricantes nos ensinassem perderiam até 3/4 da receita, percebes?

Façamos uma análise financeira a partir da comparação de dois tipos de vela.

Estudo de caso e análise financeira:
1. Vela CR7HSA - convencional
Valor: EUR 4,31 (fabricada e vendida no Brasil)

2. Vela CR7HIX - iridium
Valor: EUR 11,50
Vida útil estimada pela NGK: 50.000 km

Vem comigo:

Se uma vela CR7HSA (de minha moto) rodou com segurança 34.000 km sem apresentar qualquer falha, anormalidade de motor ou aumento de consumo, então:

EUR 4,31/34.000 = 1,267 × 10-4 EUR/km

Se uma vela CR7HIX roda 50.000 km e custa EUR 11,50, então:
11,50/ 50.000 = 0,00023 EUR/km

Agora podemos comparar o custo de ambas para 34 mil e 50 mil km

Se com a vela de irídio rodasse-se 34 k:
34.000 × 0,000123 = EUR 7,82

Ao passo que com a vela convencional para 34.000 km custou-me EUR 4,31. Portanto, a vela de irídio custa 81,4% mais para a mesma quilometragem.

Para um motor monocilíndrico os EUR 3,51 não iriam levar-lhe a falência. Mas para um motor tetra seriam EUR 14,04, essa diferença pagaria um vela e sobrava uns trocados.

Note que para que a tal vela CR7HSA alcançasse tal quilometragem sem mostrar falhas eu precisei dar um talento de forma a manter a planicidade da face do eletrodo central e a folga entre eletrodos dentro do valor recomendado. O custo dessa manutenção no meu caso que tenho calibres foi praticamente zero.

Também notem que se eu tivesse substituído a vela CR7HSA a cada 11.333 km dentro do intervalo médio de acordo com os manuais então eu teria dispendido EUR 12,93, o que para mim não faz o menor sentido. Cá está o digamos, pulo do gato.

No frigir dos ovos eu vos digo:

Todos nós podemos ter uma interpretação diferente dos fatos para fazer escolhas. Mas ninguém pode mudar os fatos.

Portanto contra fatos e números "comprováveis" não há argumentos.
CQD
Lallo
Lallo

Masculino Mensagens : 267
Data de inscrição : 23/01/2018
Mota : YBR 125 Factor

Voltar ao Topo Ir em baixo

Velas iridium vs outras velas Empty Re: Velas iridium vs outras velas

Mensagem  ampdavid em Ter 3 Set - 7:53

Bom dia Lallo.
Sim boa explicação.
Já quando tinha carro a gasolina usava as velas convencionais preconizadas pelo fabricante. De mota também usava e uso.
A relação cusro/benefício, como explicas e bem, nunca foi demonstrado como um valor ou uma diferença grande e na durabilidade muito menos. Também com uma escova de arame e o popular "apalpa folgas" conseguimos manter a folga da vela durante muito tempo e só sai quando notar os quebras.
Portanto, reforçando a tua explicação, este tópico serve para ajudar a esclarecer toda esta temática e todos os contributos me serviram, e penso que a outros motards, a melhorar o conhecimento destas diferenças, não obstante que hajam pessoas que optem por uma ou por outra, essencialmente pelo que tenho visto, á procura de mais potência ou de melhor ignição, o que por vezes é uma utopia.

ampdavid

Masculino Mensagens : 11
Data de inscrição : 27/08/2019
Mota : Keeway RKV 125 de 2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Velas iridium vs outras velas Empty Re: Velas iridium vs outras velas

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum