F125cc.com
Aumentar a autonomia dos VEs F125cc10
Agosto 2019
SegTerQuaQuiSexSabDom
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031 

Calendário Calendário

Tempo
ipma.pt-Google pagerank and Worth
Como chegaste ao F125cc?
Preços dos Combustíveis


Quem está conectado
51 usuários online :: 3 usuários cadastrados, Nenhum Invisível e 48 Visitantes :: 2 Motores de busca

Marco Machado, NOrnelas, nunes

O recorde de usuários online foi de 326 em Qua 16 Maio - 22:19

Aumentar a autonomia dos VEs

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ir em baixo

Aumentar a autonomia dos VEs Empty Aumentar a autonomia dos VEs

Mensagem  Dias em Qua 14 Set - 19:02

Como estamos numa fase de (possível) migração para veículos eléctricos (VE), parece-me aceitável que se tente aproveitar o que de melhor tanto os VE como os de combustão interna (CI) têm para oferecer.
O que os motores eléctricos têm para oferecer, já todos os detentores de scooters sabem (basta ver o starter).
A minha sugestão deriva do facto de, numa certa casinha Algarvia, até há pouco tempo costumava ter problemas de alimentação eléctrica. Ainda por cima, era sempre ao FDS que eles se lembravam de cortar a electricidade (já não estou a falar do dia em que me entrou um raio em casa... aí... digamos que tive electricidade a mais para a que poderia gastar num milésimo de segundo... só é pena que não me entre gasolina para o depósito de 500 l que lá tenho!). Assim, optei por passar a usar uma máquina de barbear com bateria e comprei um gerador com motor CI 2T que dá para manter os frigoríficos a trabalhar (custou menos de 100 € e dá 850-950 W).
Antes de continuar, gostaria de dizer que em Armação de Pêra há um senhor que tem uma scooter VE, que já a tem estacionado ao lado da minha Cygnus RS quando eu vou beber uma jola a um certo sítio na Rua do Alentejo... Ainda bem que a dita tem buzina!... É que, caso contrário, atropelava 10 pessoas por dia durante o mês de Agosto!
Ora bem, se se meter um gerador, como o que mencionei acima, no lugar do pendura (ou na grelha) de uma scooter VE, consegue-se duplicar a autonomia (andando a 50 km/h) e carregar completamente as baterias em 4 horas (sem precisar de "chamar os bombeiros").
Indo um pouco mais longe, isto é, usando dois geradores, um de cada lado (a largura são cerca de 30 cm), até dá para uma VE ter a mesma autonomia que se espera de uma CI!
Note-se que com os geradores a trabalhar já não é preciso apitar para dizer "aqui vou eu"!

Conclusão:
Juntando apenas mais 200 € (para 2 geradores) aos 10.000 € de uma moto VE, até dá para fazer o mesmo que se consegue com uma scooter CI que custe menos de 2.000 €.
Ups... esqueci-me de dizer que os 2 geradores 2T a gasolina gastam mais (e produzem mais CO2) do que uma Honda PCX.

Nota: Espero que o Volt não se ofenda com a minha sugestão (já me conhece doutros sítios e tem mais sorte do que eu, porque eu ainda nunca saltei para cima de uma Hayabusa).


Última edição por Dias em Qui 29 Set - 19:44, editado 2 vez(es) (Razão : Faltava o "não" e "Note-se" estava mal escrito)
Dias
Dias

Masculino Mensagens : 5391
Data de inscrição : 16/06/2010
Mota : Yamaha Cygnus RS (e Hyosung GV650iPro)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Aumentar a autonomia dos VEs Empty Re: Aumentar a autonomia dos VEs

Mensagem  Volt em Qui 6 Out - 17:28

Caro Dias, nada disso faz sentido.

Primeiro, porque não podes comparar uma equivalente a 400cc com uma 125cc. Se queres mesmo andar a fazer contas e comparações entre a PCX e uma eléctrica parecida, sugiro que utilizes as chinesas eléctricas como termo de comparação (essas já não custam 10 mil euros).

Segundo, para que é que eu quero ter uma autonomia superior a 100 quilómetros, se só faço 60 no meu dia-a-dia? Se eu te dissesse que era possível comprares um depósito de 20 litros para colocares na top-case, não vás um dia querer fazer mais uns quilómetros extra, fazias?

PS: Em 55 mil kms, nunca precisei de chamar os "bombeiros". Também nunca fiquei sem "carga", e já fui com a eléctrica ao norte, centro e sul do país. Mas já fiquei várias vezes sem gasolina, o que já me obrigou a muitas aventuras...

:-).
Volt
Volt

Masculino Mensagens : 46
Data de inscrição : 21/06/2011
Mota : Vectrix VX-1 Li+; Vectrix VX-1; Sym GTS 125i

Voltar ao Topo Ir em baixo

Aumentar a autonomia dos VEs Empty Re: Aumentar a autonomia dos VEs

Mensagem  Dias em Qui 6 Out - 18:15

Também acho que já não faz sentido. Vê MP.
Dias
Dias

Masculino Mensagens : 5391
Data de inscrição : 16/06/2010
Mota : Yamaha Cygnus RS (e Hyosung GV650iPro)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Aumentar a autonomia dos VEs Empty Re: Aumentar a autonomia dos VEs

Mensagem  veiga em Qui 6 Out - 18:55

Na minha humilde opinião, como acontece em tudo, provavelmente a esta hora, algures num canto das fábricas dos maiores construtores do mundo de motos, e carros, já existem, bem escondidinhos, veículos eléctricos com melhores performances e muito melhor autonomia, do que aqueles que nos são impingidos!

Basta por exemplo olhar para as ridículas motos eléctricas que a honda e yamaha, apresentaram muito recentemente!

Autonomia de 50 km? De 60 km?

Acham mesmo que eles não cosneguem fazer melhor e MAIS BARATO?

Dar quase 10 mil euros para ter uma eléctrica, que tem de autonomia apenas 100 km (na melhor das hipóteses e a andar mais devagar do que o meu vizinho com 60 anos e que todos os dias vai dar a sua voltinha de bicla?

Como podem ver, é muito raro eu escrever nos tópicos sobre veículos eléctricos, porque sinceramente, não gosto de ser gozado! E não tenho dúvidas que andam a gozar com a malta!!

Sabem quando nasceu o primeiro carro eléctrico? Será possível, comparando as características, que quase nada evoluiu?

A mim não me enganam eles... enquanto não existir uma moto ou um carro, que com uma carga, faça, no mínimo, 300 km de seguida, a velocidades normais e que, quando seja preciso, se possa carregar em 5 minutos /tal como acontece nos veículos de combustão interna), não levam o meu guito!


Já leram alguma coisa sobre o Volt/Ampera? Não estará ali o futuro?




veiga
veiga

Masculino Mensagens : 2876
Data de inscrição : 26/11/2009
Mota : Sym GTS 300i Evo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Aumentar a autonomia dos VEs Empty Re: Aumentar a autonomia dos VEs

Mensagem  Dias em Qui 6 Out - 20:33

Até aqui, quando eu e o Veiga discordávamos, era eu quem costumava vir com propostas mais... digamos menos etc. e tal.... ok... mais drásticas. Esta aproximação é plenamente justificada pelo facto de o Veiga ter mais tarimba prática do que eu em motos.
O que é curioso (ou talvez não) é o facto de, relativamente aos VEs, ser eu quem é mais condescendente.
Veiga, não fiques ofendido pelo facto de não haver VEs no aniversário de gostodescooters... eles gostam... mas o nosso pequeno passeio (só para criar peito para o almoço) foi de 130 km!
Dias
Dias

Masculino Mensagens : 5391
Data de inscrição : 16/06/2010
Mota : Yamaha Cygnus RS (e Hyosung GV650iPro)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Aumentar a autonomia dos VEs Empty Re: Aumentar a autonomia dos VEs

Mensagem  golf em Qui 6 Out - 21:14

A solução que deste é a do Opel Ampera, como o Veiga referiu.
O motor eléctrico é alimentando por um gerador a gasolina com um consumo teórico de menos de 2L.
As baterias dão para 80km, a partir dai é alimentado pelo gerador.
O Ampera, a melhor solução a curto prazo para meio de transporte eficaz e com autonomia, mas para o nosso governo é a que paga imposto Aumentar a autonomia dos VEs 861721

golf

Masculino Mensagens : 837
Data de inscrição : 17/03/2011
Mota : ex KTM Duke 125, a juntar para uma velhaca

Voltar ao Topo Ir em baixo

Aumentar a autonomia dos VEs Empty Re: Aumentar a autonomia dos VEs

Mensagem  Volt em Qui 6 Out - 22:00

Meus caros, o veículo eléctrico é um veículo do dia-a-dia. Porque razão querem vocês um veículo do dia-a-dia para fazer 300 quilómetros seguidos? Não vos chega 100?

Então e se eu vos dizer que já há carregadores nas AEs que metem nas baterias quase um kWh de carga por minuto (para fazer 100 kms gastam-se entre 5 e 6 kWh numa mota eléctrica)?

:-).

Como vos disse, nos últimos 3 anos fiz mais de 50 mil kms sem gastar gasolina. Claro que fui a Amesterdão em 2009 a gastar gasolina. Tal como fui aos Picos da Europa em 2010, a Paris em 2011 e alguns outros destinos mais próximos entre o nosso país e o país vizinho... Mas só o que não gastei nas viagens do dia-a-dia, deu para estas e sobrou...

;-).

PS: Dias, respondo-te à MP amanhã. Ainda tenho de ver os meus horários. ;-).
Volt
Volt

Masculino Mensagens : 46
Data de inscrição : 21/06/2011
Mota : Vectrix VX-1 Li+; Vectrix VX-1; Sym GTS 125i

Voltar ao Topo Ir em baixo

Aumentar a autonomia dos VEs Empty Re: Aumentar a autonomia dos VEs

Mensagem  veiga em Qui 6 Out - 23:11

Mas lá está temos de fazer contas:

Quanto custa uma vectrix?

Quantos litros de gasolina comprava com esse dinheiro?

quantos km fazia com essa gasolina toda, numa moto, muito mais barata, mas com motor a gasolina?


e o prazer de condução?

E o saber que podemos reabastecer a moto quase em cada esquina e q isso não leva mais do que 5 minutos?


Sinceramente, ainda vai levar muitos anos, ou provavelmente isso nunca acontecerá, verem o veiga a comprar uma moto eléctrica.


Um moto é acima de tudo emoção e sinceramente, isso não encontramos numa eléctrica.

veiga
veiga

Masculino Mensagens : 2876
Data de inscrição : 26/11/2009
Mota : Sym GTS 300i Evo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Aumentar a autonomia dos VEs Empty Re: Aumentar a autonomia dos VEs

Mensagem  Volt em Sex 7 Out - 16:18

veiga escreveu:Mas lá está temos de fazer contas:
Quanto custa uma vectrix?
Quantos litros de gasolina comprava com esse dinheiro?
Exactamente veiga! É mesmo aí que quero chegar. A Vectrix custa 8 mil euros (a minha VX-1 mais velha). Uma equivalente, a Burgman 400cc custa 7 mil. A diferença é paga ao fim dos primeiros 5 mil kms. A partir daí, é sempre a "ganhar".

Claro que podemos sempre falar de motos que custam 3 mil euros e também "andam". Mas então, teremos que comparar isso com uma equivalente a 125cc eléctrica. Sei que há umas chinesas dessas que custam 3 mil e tal euros, mas eu não as aconselho a ninguém. Como tal, também não posso "falar por elas".

veiga escreveu:
quantos km fazia com essa gasolina toda, numa moto, muito mais barata, mas com motor a gasolina?
Como disse antes, farias poucos. As diferenças entre as motos CI e VE já são muito pequenas em termos de preço de aquisição. Já em termos de manutenção e custo de combustível, a diferença é grande. :-).

veiga escreveu:
e o prazer de condução?
Exactamente! :-D. É mesmo isso que eu farto-me de dizer a quem "acha" que uma Vectrix é o mesmo que uma chinesa ou que uma 125cc!
Ó veiga, tens de experimentar. :-).

veiga escreveu:
E o saber que podemos reabastecer a moto quase em cada esquina e q isso não leva mais do que 5 minutos?
Pois... Esse é o meu argumento. Nunca fiquei sem carga na mota, pois há tomadas em todo o lado e mais facilmente me oferecem 20 cêntimos de electricidade do que um litro de gasolina. No entanto, já perdi a conta às vezes que fiquei sem gasolina e tive de pedir a um familiar para passar por uma bomba e depois ir ter comigo onde quer que tenha ficado "apeado"...

Quanto ao abastecimento em 5 minutos, já existe tecnologia para tal (e já há carregadores na A1 [Aveiras e Pombal] e A5), mas a Vectrix ainda não "aderiu" a isso. Espero que para o ano já tenham alguma novidade sobre esse assunto. Até porque, se a Vectrix pudesse usar os carregadores que estão as AEs, seriam 5 minutos para ir dos 0 aos 100% de carga...

veiga escreveu:
Sinceramente, ainda vai levar muitos anos, ou provavelmente isso nunca acontecerá, verem o veiga a comprar uma moto eléctrica.

Um moto é acima de tudo emoção e sinceramente, isso não encontramos numa eléctrica.
Bom, tens de experimentar. Não devias comentar sem o fazeres. Olha, para teres uma pequena noção do que falo, vê este vídeo:


Faz-me este favor e vê o vídeo. Não é um protótipo que está aí. É mesmo uma Vectrix a fazer uma viagem no seu dia-a-dia e a passar por muitas outras (algumas R's inclusive).

;-).

PS: Principalmente a zona das curvas. +/- ao fim de um minuto de vídeo...
Volt
Volt

Masculino Mensagens : 46
Data de inscrição : 21/06/2011
Mota : Vectrix VX-1 Li+; Vectrix VX-1; Sym GTS 125i

Voltar ao Topo Ir em baixo

Aumentar a autonomia dos VEs Empty Re: Aumentar a autonomia dos VEs

Mensagem  veiga em Sex 7 Out - 18:13


Isso estaria tudo certo, se não comparasses uma Vectrix com uma Burgman 400!

Pelo que tenho lido, o andamento de uma Vectrix, equivale a uma 125, quanto a performances, não no arranque, claro, como eléctrica tem logo a potência, mas sim em velocidade de cruzeiro e velocidade máxima!

Mas tudo bem, vamos fazer a comparação com uma scooter que conheço bem a minha Valentina, apesar desta ser bastante mais performante que uma Vectrix:

Custo da Vectrix: 8000 €

Custo de uma GTS 300i Evo nova: 4500 €


Temos uma diferença de 3500 €, certo?

Como a minha Valentina me faz uma média de 3,5 L em andamento absolutamente normal, indo aos 140 quando me apetece, e andando normalmente na A5, com o ponteiro a rondar os 110/120, (para não esforçar) vamos fazer aqui umas continhas rápidas:


3,500 €

1 Litro de gasolina 1,6 € (custa menos, mas para facilitar as contas fica assim)

Ora fazendo a continha... com este dinheiro compras 2187,5 Litros de gasolina 95 octanas.


Agora fazendo continhas ao que a GTS 300 gasta, 3,5 L, essa gasolina dava para fazer 62500 km!!!


Sim, 62500 km, é muito km!


Mas ainda faço outras contas:

Em dois anos de uso (faz dia 8) e a caminho dos 39 mil km, gastei com a Valentina em revisões e um jogo de pneus Bridgestone 916,20 € (posso mostrar a quem quiser todas as facturas das revisões e dos pneus, pois tenho uma pasta onde guardo tudo.)

Ora vamos a mais contas:

3500 €

Despesas gastas em 2 anos de uso intensivo, onde andei 39 mil km:

916,20 €


Com isto tudo quanto sobra?

2583,8 €


Xiii... tanto dinheiro! Agora vamos transformar este guito todo em gasolina , novamente 1,6 €/L


Ainda temos 1614 litros para gastar, certo?


Voltando à média dos 3,5 L quantos quilómetros fazia eu?

46139 km!!!!!!!!!!!!!!

Como ainda "só" andei quase 39 mil, ainda posso andar mais 7 mil!!! Isto só com o que poupo por não comprar uma Vectrix!

Como é que é? Poupar uma eléctrica para poupar dinheiro? Onde?

Ah, já me esquecia, não nos podemos esquecer que a vectric tb gasta pneus e pastilhas e que pelo que sei tb têm dado alguns problemas com as baterias.

E a Sym GTS 300i Evo? Em dois anos... perdi uma borrachinha do descanso central, que faz de batente. Sim, apenas isto...mais nada e está para durar.

E quanto a prazer...de condução este fim de semana para festejar o 2º Aniversário do meu eu e uns companheiros, fomos dar uma voltinha nas calmas, pela Marginal até ao Cabo da Roca, depois até Sintra, à Piriquita e depois o regresso a Linda-a-Velha, para almoçar. Conseguias fazer isto com a Vectrix, sem ter de andar a pedinchar "meio quilo" de electricidade e sem dar uma grande seca aos companheiros que te acompanhavam?

Sinceramente o mais certo era chegarmos a Linda-a-kota e o restaurante já estar fechado, pois fechava às 15 horas.


Como vês companheiro, contas simples de fazer... e por isso digo:

Enquanto uma eléctrica não me der uma autonomia de pelo menos 300 km sem precisar de ser carregada e não custar tanto como uma moto com motor de combustão interna, equivalente, aqui o Veiguinha, não comprará um!



PS e não nos podemos esquecer que para as eléctricas conseguirem fazer os tais km que os seus fabricantes dizem ser capazes de fazer com uma carga, temos de andar mesmo a "pastar", o que não é propriamente o mais aconselhável, nem mesmo dentro das cidades. Faz lá uma 2ª Circular ou um Eixo Norte-Sul a 50/60 km/h e vais ver quantas vezes é que tentam mandar-te ao chão!


Com isto tudo... quero apenas dizer que em comparação com a Vectrix, a minha querida Valentina,
estará a custa zero até aos 46 mil km! Aumentar a autonomia dos VEs 490668 Aumentar a autonomia dos VEs 490668 Aumentar a autonomia dos VEs 490668 Aumentar a autonomia dos VEs 490668


Só de pensar que não teria feito nenhuma das muitas viagens que fiz, não teria ido aos eventos aqui do 125 cc, assim como do CMN, só porque tinha uma Vectrix, dá que pensar não dá?


Minha rica belezoka taiwanesa!


veiga
veiga

Masculino Mensagens : 2876
Data de inscrição : 26/11/2009
Mota : Sym GTS 300i Evo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Aumentar a autonomia dos VEs Empty Re: Aumentar a autonomia dos VEs

Mensagem  Volt em Seg 10 Out - 15:15

veiga escreveu:
Isso estaria tudo certo, se não comparasses uma Vectrix com uma Burgman 400!

Pelo que tenho lido, o andamento de uma Vectrix, equivale a uma 125, quanto a performances, não no arranque, claro, como eléctrica tem logo a potência, mas sim em velocidade de cruzeiro e velocidade máxima!
Pois é veiga... Andas a ler mal. Mas, como te disse, bastava experimentares para teres uma noção mínima do quanto errado estás. E depois de experimentares, podes vir aqui refazer essas frases.

A Vectrix foi feita à imagem da Burgman 400. Não digo isto por ser o que está escrito no site da marca, digo isto porque sei o que falo e já experimentei praticamente todo o tipo de motos e cilindradas. Portanto, dou a minha opinião experiente. Creio que é mesmo essa a diferença das nossas percepções, pois tu falas do que lês, eu falo do que experimento. Se assim não fosse, sei que as nossas opiniões estariam muito próximas, pois já li muito do que escreves.

Já agora, a velocidade cruzeiro da Vectrix VX-1 (qualquer uma das minhas duas) é igual à velocidade máxima. Só isso já te devia dar uma noção da quantidade de coisas sobre elas que não tens conhecimento...

veiga escreveu:
Mas tudo bem, vamos fazer a comparação com uma scooter que conheço bem a minha Valentina, apesar desta ser bastante mais performante que uma Vectrix:
A única coisa que a tua tem de mais "performante" que a VX-1 é o facto de não teres o limitador nos 110 kph (reais!). Mas vamos a isso.

veiga escreveu:
Custo da Vectrix: 8000 €

Custo de uma GTS 300i Evo nova: 4500 €


Temos uma diferença de 3500 €, certo?
Certo.

veiga escreveu:
Como a minha Valentina me faz uma média de 3,5 L em andamento absolutamente normal, indo aos 140 quando me apetece, e andando normalmente na A5, com o ponteiro a rondar os 110/120, (para não esforçar) vamos fazer aqui umas continhas rápidas:
Sendo assim, andamos à mesma velocidade no dia-a-dia, pois a tua tem 10% de erro no ponteiro e a minha não. Fixe.

veiga escreveu:
3,500 €

1 Litro de gasolina 1,6 € (custa menos, mas para facilitar as contas fica assim)
Esse é o valor médio da gasolina sem chumbo deste ano. Estima-se que vai aumentar, mas tudo bem, é um bom valor. :-).

veiga escreveu:
Ora fazendo a continha... com este dinheiro compras 2187,5 Litros de gasolina 95 octanas.

Agora fazendo continhas ao que a GTS 300 gasta, 3,5 L, essa gasolina dava para fazer 62500 km!!!

Sim, 62500 km, é muito km!
Tudo bem, eu gastei 250 euros de electricidade para fazer 50 mil quilómetros em 3 anos. Nem acho muito, visto que nas férias destes 3 anos fiz mais cerca de 20 mil em outras motas.

veiga escreveu:

Mas ainda faço outras contas:

Em dois anos de uso (faz dia 8) e a caminho dos 39 mil km, gastei com a Valentina em revisões e um jogo de pneus Bridgestone 916,20 € (posso mostrar a quem quiser todas as facturas das revisões e dos pneus, pois tenho uma pasta onde guardo tudo.)
Também tenho. Até te digo mais. Está tudo online aqui neste diário:
A minha ZEV

veiga escreveu:
Ora vamos a mais contas:
3500 €
Despesas gastas em 2 anos de uso intensivo, onde andei 39 mil km:
916,20 €
Com isto tudo quanto sobra?
2583,8 €
Xiii... tanto dinheiro! Agora vamos transformar este guito todo em gasolina , novamente 1,6 €/L
Ainda temos 1614 litros para gastar, certo?
Voltando à média dos 3,5 L quantos quilómetros fazia eu?
46139 km!!!!!!!!!!!!!!
Como ainda "só" andei quase 39 mil, ainda posso andar mais 7 mil!!! Isto só com o que poupo por não comprar uma Vectrix!
Como é que é? Poupar uma eléctrica para poupar dinheiro? Onde?
Ah, já me esquecia, não nos podemos esquecer que a vectric tb gasta pneus e pastilhas e que pelo que sei tb têm dado alguns problemas com as baterias.
Ena, sabes mais do eu... Os últimos problemas conhecidos com baterias da Vectrix remontam a anos em que ainda não haviam Vectrix em Portugal. :-).

veiga escreveu:
E a Sym GTS 300i Evo? Em dois anos... perdi uma borrachinha do descanso central, que faz de batente. Sim, apenas isto...mais nada e está para durar.

E quanto a prazer...de condução este fim de semana para festejar o 2º Aniversário do meu eu e uns companheiros, fomos dar uma voltinha nas calmas, pela Marginal até ao Cabo da Roca, depois até Sintra, à Piriquita e depois o regresso a Linda-a-Velha, para almoçar. Conseguias fazer isto com a Vectrix, sem ter de andar a pedinchar "meio quilo" de electricidade e sem dar uma grande seca aos companheiros que te acompanhavam?
Eu vou voltar a dizer isto, pois parece que não queres perceber:
Desde que comprei a Vectrix, tenho feito as minhas férias a andar em motas a gasolina! Fui a Amesterdão / Paris / Picos da Europa / Sevilha / Andorra e muito mais! Antes de ter a Vectrix não tinha dinheiro para estas coisas!
Eu sou a experiência viva do que é passar a ter duas motas e gastar menos do que quanto tinha somente uma! Está tudo no meu diário de bordo. Basta ler.

veiga escreveu:
Sinceramente o mais certo era chegarmos a Linda-a-kota e o restaurante já estar fechado, pois fechava às 15 horas.
Como vês companheiro, contas simples de fazer... e por isso digo:
Enquanto uma eléctrica não me der uma autonomia de pelo menos 300 km sem precisar de ser carregada e não custar tanto como uma moto com motor de combustão interna, equivalente, aqui o Veiguinha, não comprará um!
Honestamente, não estou aqui para te dizer o que deves fazer ao teu dinheiro, mas disponibilizo-me para mostrar o que eu fiz ao meu...
Antes de ter a Vectrix gastava entre 130 a 150 euros por mês a gasolina. As férias eram em casa para não gastar nem em gasolina nem em manutenções.
Depois de ter a Vectrix, passei a gastar 100 euros num leasing (era 120 antes da euribor baixar) e deixei de ter revisões obrigatórias. Aos 30 mil, mudei as caixas de direcção (porque quis, pois elas estavam capazes de fazer outros tantos); Aos 50 mil mudei os óleos (da caixa e dos travões).

Sabes o que é não mais ter de ir a uma bomba meter gasolina? Sair de casa todos os dias 30 minutos antes de entrar no emprego sem ter de esperar para a mota aquecer e sem qualquer outra preocupação de ter de meter gasolina ou ver se o óleo está no nível e coisas parecidas?...

Eu sei. :-).

veiga escreveu:
PS e não nos podemos esquecer que para as eléctricas conseguirem fazer os tais km que os seus fabricantes dizem ser capazes de fazer com uma carga, temos de andar mesmo a "pastar", o que não é propriamente o mais aconselhável, nem mesmo dentro das cidades. Faz lá uma 2ª Circular ou um Eixo Norte-Sul a 50/60 km/h e vais ver quantas vezes é que tentam mandar-te ao chão!
Pois é... Não vês os vídeos e depois dizes coisas que não fazem muito sentido... Olha, sabes que a minha eléctrica nova tem quase o dobro da autonomia da anterior? Mas olha a autonomia da anterior a fazer a ponte Vasco da Gama "devagarinho"...
Vectrix a atravessar a ponte Vasco da Gama

PS: A ponte começa ao minuto 3 e acaba antes do minuto 10... Faz as contas (ou vê o vídeo e podes ver onde é que ficam os camiões). :-).

veiga escreveu:
Com isto tudo... quero apenas dizer que em comparação com a Vectrix, a minha querida Valentina,
estará a custa zero até aos 46 mil km! Aumentar a autonomia dos VEs 490668 Aumentar a autonomia dos VEs 490668 Aumentar a autonomia dos VEs 490668 Aumentar a autonomia dos VEs 490668

Só de pensar que não teria feito nenhuma das muitas viagens que fiz, não teria ido aos eventos aqui do 125 cc, assim como do CMN, só porque tinha uma Vectrix, dá que pensar não dá?

Minha rica belezoka taiwanesa!
Ora, só de pensar que não teria conhecido Amesterdão, Bruxelas, Paris, etc... Achas mesmo que vou pensar nisso? :-).

Amigo veiga, experimenta primeiro e logo logo podes refutar as tuas próprias palavras.

:-).

Abraço.
Volt
Volt

Masculino Mensagens : 46
Data de inscrição : 21/06/2011
Mota : Vectrix VX-1 Li+; Vectrix VX-1; Sym GTS 125i

Voltar ao Topo Ir em baixo

Aumentar a autonomia dos VEs Empty Re: Aumentar a autonomia dos VEs

Mensagem  SE em Ter 27 Dez - 17:49

Caros,

De facto, as scooters elétricas têm bastantes vantagens e, existem duas que são mais difíceis de valorizar, relacionadas com o prazer de as conduzir e a ausência de emissão de CO2. Pois é, as motos elétricas são o futuro, e o nosso futuro depende também do ambiente e, de facto, as scooters elétricos são amigas do ambiente.

Já tive uma scooter a combustão (Yamaha Majesty 125cc), já tive uma Kawasaki 500cc, e atualmente tenho uma bicicleta elétrica que se parece com uma scooter:


É verdade, utilizo este veículo para me deslocar para o trabalho, que apesar de não ter comparação possível com a Vectrix, já dá deu para ficar um adepto incondicional dos veículos elétricos.

A Vectrix é de facto uma scooter de luxo, uma referência, mas existem algumas alternativas, a um preço inferior, e com uma qualidade elevada. Falo, por exemplo, das E-Max, com tecnologia alemã e design italiano. Uma combinação considerada perfeita para alguns!:)

E sabem que mais, o modelo 140L da E-Max consegue atingir uma autonomia de 150km! Muito bom! Ora vejam:


E muito mais teria para falar destes veículos... E estou como o Volt, experimentem e assim poderão perceber algumas das vantagens que à primeira vista não são reconhecidas.

Abraço elétrico:)
SE
SE

Masculino Mensagens : 6
Data de inscrição : 29/11/2011
Mota : Vortex

Voltar ao Topo Ir em baixo

Aumentar a autonomia dos VEs Empty Re: Aumentar a autonomia dos VEs

Mensagem  Volt em Qua 28 Dez - 14:50

Há alternativas, claro. Mas estamos a falar de mercados diferentes. Ninguém diz que a PCX 125 é uma alternativa a quem quer uma Burgman 400, certo? A Vectrix é uma Maxiscooter. A E-max é uma scooter...

Olha, ainda há umas semanas fui comprar um cobre-pernas. Tentei vários que haviam em stock, mas nenhum servia. Acabei por esperar pelo da Burgman 400 (não havia em stock na primeira visita) e depois serviu perfeitamente. Agora tenho a Vectrix "vestida" para o frio. :-D.

Aumentar a autonomia dos VEs File
Volt
Volt

Masculino Mensagens : 46
Data de inscrição : 21/06/2011
Mota : Vectrix VX-1 Li+; Vectrix VX-1; Sym GTS 125i

Voltar ao Topo Ir em baixo

Aumentar a autonomia dos VEs Empty Re: Aumentar a autonomia dos VEs

Mensagem  Marco Machado em Qua 28 Dez - 15:55

Mas que bem que ela fica vestidinha Aumentar a autonomia dos VEs 952112

_________________
Não são permitidas quaisquer mensagens que violem o bom estatuto e harmonia existente neste forum.
Reserva-se o direito da Administração actuar perante situações consideradas inoportunas "

Regras de utilização
Marco Machado
Marco Machado
Adm
Adm

Masculino Mensagens : 11163
Data de inscrição : 10/08/2009
Mota : Yamaha Virago 125

Voltar ao Topo Ir em baixo

Aumentar a autonomia dos VEs Empty Re: Aumentar a autonomia dos VEs

Mensagem  balasteiro em Qua 28 Dez - 16:07

De facto as scooter electricas são um meio de transporte a ter em conta Aumentar a autonomia dos VEs 952112 Aumentar a autonomia dos VEs 952112 é pena que ainda não haja uma scooter de valores aceitáveis Sad Sad para poder fazer os 70 km diários que eu faço
Uma vez que eu tenho de atravessar a ponte 25 de Abril todos os dias Aumentar a autonomia dos VEs 70049 Aumentar a autonomia dos VEs 70049
balasteiro
balasteiro

Masculino Mensagens : 2290
Data de inscrição : 24/08/2011
Mota : Honda Wave 110 I

Voltar ao Topo Ir em baixo

Aumentar a autonomia dos VEs Empty Re: Aumentar a autonomia dos VEs

Mensagem  Dias em Qua 28 Dez - 16:45

Antes de mais, Volto a agradecer ao Volt o ter-me dado a possibilidade de experimentar a Vetrix. Contudo, seja por eu ser marreta ou não, seja por não ter dinheiro para ter uma VE para a cidade e uma CI para a estrada (são feitios!) acabei por trocar a minha X-Max 125 por uma X-Max 250... para poder fazer Lisboa-Algarve em 2:30.

Aproveito para desejar um 2012 cheio de... baterias ou de hidrocarbunetos!
É aproveitar agora... (como sugeria o "Super Pimentinha" na conferência que deu no IST, dentro em pouco vamos todos ser OBRIGADOS a pagar para que todos andem de VEs)!


Última edição por Dias em Qua 28 Dez - 16:52, editado 1 vez(es)
Dias
Dias

Masculino Mensagens : 5391
Data de inscrição : 16/06/2010
Mota : Yamaha Cygnus RS (e Hyosung GV650iPro)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Aumentar a autonomia dos VEs Empty Re: Aumentar a autonomia dos VEs

Mensagem  Fogueiras em Qua 28 Dez - 16:46

mas que bem que a menina fica!!!! agora sim, é o verdadeiro sofá com rodas!!!! sem ser em tom depreciativo, claro Aumentar a autonomia dos VEs 952112
Fogueiras
Fogueiras

Masculino Mensagens : 5833
Data de inscrição : 07/12/2010
Mota : Honda REBEL 125 / Suzuki Ls650 Savage

Voltar ao Topo Ir em baixo

Aumentar a autonomia dos VEs Empty Re: Aumentar a autonomia dos VEs

Mensagem  Dias em Qua 28 Dez - 16:55

Fogueiras escreveu:mas que bem que a menina fica!!!! agora sim, é o verdadeiro sofá com rodas!!!! sem ser em tom depreciativo, claro Aumentar a autonomia dos VEs 952112
Aumentar a autonomia dos VEs 449884 Não é sofá... a X-Max é o mais bonito escadote com rodas!
Dias
Dias

Masculino Mensagens : 5391
Data de inscrição : 16/06/2010
Mota : Yamaha Cygnus RS (e Hyosung GV650iPro)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Aumentar a autonomia dos VEs Empty Re: Aumentar a autonomia dos VEs

Mensagem  veiga em Qua 28 Dez - 18:29

Volt escreveu:
veiga escreveu:
Isso estaria tudo certo, se não comparasses uma Vectrix com uma Burgman 400!

Pelo que tenho lido, o andamento de uma Vectrix, equivale a uma 125, quanto a performances, não no arranque, claro, como eléctrica tem logo a potência, mas sim em velocidade de cruzeiro e velocidade máxima!
Pois é veiga... Andas a ler mal. Mas, como te disse, bastava experimentares para teres uma noção mínima do quanto errado estás. E depois de experimentares, podes vir aqui refazer essas frases.

A Vectrix foi feita à imagem da Burgman 400. Não digo isto por ser o que está escrito no site da marca, digo isto porque sei o que falo e já experimentei praticamente todo o tipo de motos e cilindradas. Portanto, dou a minha opinião experiente. Creio que é mesmo essa a diferença das nossas percepções, pois tu falas do que lês, eu falo do que experimento. Se assim não fosse, sei que as nossas opiniões estariam muito próximas, pois já li muito do que escreves.

Já agora, a velocidade cruzeiro da Vectrix VX-1 (qualquer uma das minhas duas) é igual à velocidade máxima. Só isso já te devia dar uma noção da quantidade de coisas sobre elas que não tens conhecimento...

veiga escreveu:
Mas tudo bem, vamos fazer a comparação com uma scooter que conheço bem a minha Valentina, apesar desta ser bastante mais performante que uma Vectrix:
A única coisa que a tua tem de mais "performante" que a VX-1 é o facto de não teres o limitador nos 110 kph (reais!). Mas vamos a isso.

veiga escreveu:
Custo da Vectrix: 8000 €

Custo de uma GTS 300i Evo nova: 4500 €


Temos uma diferença de 3500 €, certo?
Certo.

veiga escreveu:
Como a minha Valentina me faz uma média de 3,5 L em andamento absolutamente normal, indo aos 140 quando me apetece, e andando normalmente na A5, com o ponteiro a rondar os 110/120, (para não esforçar) vamos fazer aqui umas continhas rápidas:
Sendo assim, andamos à mesma velocidade no dia-a-dia, pois a tua tem 10% de erro no ponteiro e a minha não. Fixe.

veiga escreveu:
3,500 €

1 Litro de gasolina 1,6 € (custa menos, mas para facilitar as contas fica assim)
Esse é o valor médio da gasolina sem chumbo deste ano. Estima-se que vai aumentar, mas tudo bem, é um bom valor. :-).


eheheheh, pois a gasolina vai aumentar como tudo não é? Até o preço das eléctricas!


veiga escreveu:
Ora fazendo a continha... com este dinheiro compras 2187,5 Litros de gasolina 95 octanas.

Agora fazendo continhas ao que a GTS 300 gasta, 3,5 L, essa gasolina dava para fazer 62500 km!!!

Sim, 62500 km, é muito km!
Tudo bem, eu gastei 250 euros de electricidade para fazer 50 mil quilómetros em 3 anos. Nem acho muito, visto que nas férias destes 3 anos fiz mais cerca de 20 mil em outras motas.

veiga escreveu:

Mas ainda faço outras contas:

Em dois anos de uso (faz dia 8) e a caminho dos 39 mil km, gastei com a Valentina em revisões e um jogo de pneus Bridgestone 916,20 € (posso mostrar a quem quiser todas as facturas das revisões e dos pneus, pois tenho uma pasta onde guardo tudo.)
Também tenho. Até te digo mais. Está tudo online aqui neste diário:
A minha ZEV

veiga escreveu:
Ora vamos a mais contas:
3500 €
Despesas gastas em 2 anos de uso intensivo, onde andei 39 mil km:
916,20 €
Com isto tudo quanto sobra?
2583,8 €
Xiii... tanto dinheiro! Agora vamos transformar este guito todo em gasolina , novamente 1,6 €/L
Ainda temos 1614 litros para gastar, certo?
Voltando à média dos 3,5 L quantos quilómetros fazia eu?
46139 km!!!!!!!!!!!!!!
Como ainda "só" andei quase 39 mil, ainda posso andar mais 7 mil!!! Isto só com o que poupo por não comprar uma Vectrix!
Como é que é? Poupar uma eléctrica para poupar dinheiro? Onde?
Ah, já me esquecia, não nos podemos esquecer que a vectric tb gasta pneus e pastilhas e que pelo que sei tb têm dado alguns problemas com as baterias.
Ena, sabes mais do eu... Os últimos problemas conhecidos com baterias da Vectrix remontam a anos em que ainda não haviam Vectrix em Portugal. :-).


Não disseste nada sobre a diferença do dinheiro....

veiga escreveu:
E a Sym GTS 300i Evo? Em dois anos... perdi uma borrachinha do descanso central, que faz de batente. Sim, apenas isto...mais nada e está para durar.

E quanto a prazer...de condução este fim de semana para festejar o 2º Aniversário do meu eu e uns companheiros, fomos dar uma voltinha nas calmas, pela Marginal até ao Cabo da Roca, depois até Sintra, à Piriquita e depois o regresso a Linda-a-Velha, para almoçar. Conseguias fazer isto com a Vectrix, sem ter de andar a pedinchar "meio quilo" de electricidade e sem dar uma grande seca aos companheiros que te acompanhavam?
Eu vou voltar a dizer isto, pois parece que não queres perceber:
Desde que comprei a Vectrix, tenho feito as minhas férias a andar em motas a gasolina! Fui a Amesterdão / Paris / Picos da Europa / Sevilha / Andorra e muito mais! Antes de ter a Vectrix não tinha dinheiro para estas coisas!
Eu sou a experiência viva do que é passar a ter duas motas e gastar menos do que quanto tinha somente uma! Está tudo no meu diário de bordo. Basta ler.


Hein? E não metes nas contas as despesas com a outra moto? Quanto custou? Seguro? Manutenção? Combustível? Afinal não fica mais caro ter uma eléctrica e sempre que se quer fazer mais de "meia dúzia de km ter de usar uma a gasolina? Lá se vai a poupança no meio ambiente...

Para quê ter duas motos (e duas despesas) se com uma posso fazer tudo, e muito mais barato?

veiga escreveu:
Sinceramente o mais certo era chegarmos a Linda-a-kota e o restaurante já estar fechado, pois fechava às 15 horas.
Como vês companheiro, contas simples de fazer... e por isso digo:
Enquanto uma eléctrica não me der uma autonomia de pelo menos 300 km sem precisar de ser carregada e não custar tanto como uma moto com motor de combustão interna, equivalente, aqui o Veiguinha, não comprará um!

Honestamente, não estou aqui para te dizer o que deves fazer ao teu dinheiro, mas disponibilizo-me para mostrar o que eu fiz ao meu...
Antes de ter a Vectrix gastava entre 130 a 150 euros por mês a gasolina. As férias eram em casa para não gastar nem em gasolina nem em manutenções.
Depois de ter a Vectrix, passei a gastar 100 euros num leasing (era 120 antes da euribor baixar) e deixei de ter revisões obrigatórias. Aos 30 mil, mudei as caixas de direcção (porque quis, pois elas estavam capazes de fazer outros tantos); Aos 50 mil mudei os óleos (da caixa e dos travões).

Sabes o que é não mais ter de ir a uma bomba meter gasolina? Sair de casa todos os dias 30 minutos antes de entrar no emprego sem ter de esperar para a mota aquecer e sem qualquer outra preocupação de ter de meter gasolina ou ver se o óleo está no nível e coisas parecidas?...


Eu sei. :-).


Sabes o que é, de repente, ao sair do trabalho, receber um telefonema de uma amigo a dizer, pá vamos dar uma volta de moto até Sintra (ou outro lado qualquer? Pois... não me importo de perder 5 minutos na bomba... ou terei de ir a casa trocar a moto eléctrica pela moto a gasolina?

veiga escreveu:
PS e não nos podemos esquecer que para as eléctricas conseguirem fazer os tais km que os seus fabricantes dizem ser capazes de fazer com uma carga, temos de andar mesmo a "pastar", o que não é propriamente o mais aconselhável, nem mesmo dentro das cidades. Faz lá uma 2ª Circular ou um Eixo Norte-Sul a 50/60 km/h e vais ver quantas vezes é que tentam mandar-te ao chão!
Pois é... Não vês os vídeos e depois dizes coisas que não fazem muito sentido... Olha, sabes que a minha eléctrica nova tem quase o dobro da autonomia da anterior? Mas olha a autonomia da anterior a fazer a ponte Vasco da Gama "devagarinho"...
Vectrix a atravessar a ponte Vasco da Gama

PS: A ponte começa ao minuto 3 e acaba antes do minuto 10... Faz as contas (ou vê o vídeo e podes ver onde é que ficam os camiões). :-).

Quantos km fazes com a eléctrica, neste ritmo, sem precisares de carregar?

veiga escreveu:
Com isto tudo... quero apenas dizer que em comparação com a Vectrix, a minha querida Valentina,
estará a custa zero até aos 46 mil km! Aumentar a autonomia dos VEs 490668 Aumentar a autonomia dos VEs 490668 Aumentar a autonomia dos VEs 490668 Aumentar a autonomia dos VEs 490668

Só de pensar que não teria feito nenhuma das muitas viagens que fiz, não teria ido aos eventos aqui do 125 cc, assim como do CMN, só porque tinha uma Vectrix, dá que pensar não dá?

Minha rica belezoka taiwanesa!
Ora, só de pensar que não teria conhecido Amesterdão, Bruxelas, Paris, etc... Achas mesmo que vou pensar nisso? :-).

Amigo veiga, experimenta primeiro e logo logo podes refutar as tuas próprias palavras.

Sou demasiado impulsivo, para, por enquanto ter um veículo, seja moto ou carro limitado a fazer poucos km e depois esperar não sei quantas horas para depois fazer mais meia dúzia de km.


Para mim e enquanto n tiverem no mínimo 300 km de carga... nada feito.



:-).

Abraço.
veiga
veiga

Masculino Mensagens : 2876
Data de inscrição : 26/11/2009
Mota : Sym GTS 300i Evo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Aumentar a autonomia dos VEs Empty Re: Aumentar a autonomia dos VEs

Mensagem  Volt em Qua 28 Dez - 19:00

Ora, veiga... Eu falo do dinheiro. O que queres saber? Eu repito o que está no diário de bordo da minha ZEV. Ela fez um pouco mais de 50 mil quilómetros nos últimos três anos. Gastei 3 mil euros nesses quilómetros (valor de compra + gastos de andamento e manutenção - valor de retoma). Podes me dizer quanto é que gastaste tu nos teus últimos 50 mil quilómetros?

:-).

Fico esperando um valor mais baixo...
Volt
Volt

Masculino Mensagens : 46
Data de inscrição : 21/06/2011
Mota : Vectrix VX-1 Li+; Vectrix VX-1; Sym GTS 125i

Voltar ao Topo Ir em baixo

Aumentar a autonomia dos VEs Empty Re: Aumentar a autonomia dos VEs

Mensagem  Volt em Qua 28 Dez - 19:03

De resto, meus caros, obrigado pelos elogios à menina. :-D. Ela até estava, na altura em que tirei esta foto, com aquela "tira" a atravessar o farol (agora já está por baixo e fica muito melhor) e tinha os handlebar muffs (é uma espécie de "cobre-mãos") guardados debaixo do banco. Tenho de ver se tiro mais fotos e mostro como ela está agora.

:-).

Boas entradas.
Volt
Volt

Masculino Mensagens : 46
Data de inscrição : 21/06/2011
Mota : Vectrix VX-1 Li+; Vectrix VX-1; Sym GTS 125i

Voltar ao Topo Ir em baixo

Aumentar a autonomia dos VEs Empty Re: Aumentar a autonomia dos VEs

Mensagem  Ruben Baptista em Qua 28 Dez - 19:30

Volt escreveu:De resto, meus caros, obrigado pelos elogios à menina. :-D. Ela até estava, na altura em que tirei esta foto, com aquela "tira" a atravessar o farol (agora já está por baixo e fica muito melhor) e tinha os handlebar muffs (é uma espécie de "cobre-mãos") guardados debaixo do banco. Tenho de ver se tiro mais fotos e mostro como ela está agora.

:-).

Boas entradas.

Volt tenho-lhe a dizer que a scooter está fenomenal!
Para além de contribuir para o meio ambiente que cada vez está mais degradado é uma optima escolha quer a nível de performance quer a nível de estética, se tivesse € para dispôr seria sem duvida a minha primeira escolha, principalmente por tais descrições e promenores de uso diário e de viagem.

Aumentar a autonomia dos VEs 1291266795 Aumentar a autonomia dos VEs 1291266795 Aumentar a autonomia dos VEs 1291266795 Aumentar a autonomia dos VEs 1291266795 Aumentar a autonomia dos VEs 1291266795

Boas entradas Aumentar a autonomia dos VEs 697124 Aumentar a autonomia dos VEs 952112
Ruben Baptista
Ruben Baptista

Masculino Mensagens : 1053
Data de inscrição : 01/02/2011
Mota : Keeway Superlight 125 Ed. Lim.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Aumentar a autonomia dos VEs Empty Re: Aumentar a autonomia dos VEs

Mensagem  veiga em Qua 28 Dez - 22:14

Volt escreveu:Ora, veiga... Eu falo do dinheiro. O que queres saber? Eu repito o que está no diário de bordo da minha ZEV. Ela fez um pouco mais de 50 mil quilómetros nos últimos três anos. Gastei 3 mil euros nesses quilómetros (valor de compra + gastos de andamento e manutenção - valor de retoma). Podes me dizer quanto é que gastaste tu nos teus últimos 50 mil quilómetros?

:-).

Fico esperando um valor mais baixo...


Ora deixa ver... a Valentina está agora com 43 mil e uns trocos...

A Valentina custou-me 4000 € certos! (ofereceram-me os docs).


Até agora gastei os 916,20 € referidos lá atrás, mais 41,35 € dos roletes e mudança de óleo.

Como mencionaste 50 mil e como sou um gajo honesto, ao valor acima indicado tenho de acrescentar uma correia de transmissão (119 €*) + 1 filtro de ar 25,00 €, mais uma mudança de óleo
e tb mais um pneu que vai precisar daqui a 3 ou 4 mil km (70,00 € +-)
* Valores já com IVa e sem contar com o desconto que a JCG me costuma fazer.

O total? Algures à volta dos 1200,00 €, mais coisa menos coisa.

Acrescentando os 1200 € aos 4000 € que me custou a Valentina temos 5200 €.

Ora pensando que a Valentina vale no mínimo dos mínimos 2500 € (A JCG à troca da Maxsym dava-me pela Valentina um número muito mais generoso, que por razões óbvias não vou revelar) e abatendo esse valor aos 5200 € fico com 2700 €

Se gastar estes 2700 € em gasolina a 1,6 € L(ainda não aumentou Aumentar a autonomia dos VEs 546902 )/tenho 1687 L

1687 L que me dão para fazer 48200 km! Como ainda só tenho 43 mil feitos...

E com a vantagem de andar o que quiser, ir para onde quiser e sempre que a luz da reserva acender só tenho que parar num área de serviço e... gastar 5 minutos do meu precioso tempo, para ficar, outra vez com uma autonomia + de 300 km, até ao próprio reabastecimento. Viajar sim, na Valentina! Andar em cidade? Sim na Valentina! Apetece-me andar a 140? Sim, na Valentina? Apetece-me fazer directo, daqui ao Algarve sem parar nem para reabastecer? Sim na Valentina! E claro, isto tudo sem ser necessário ter outra moto, que afinal de contas até gasta mais gasolina que a Valentina e pagar mais um seguro e mais manutenção, mais IUC, etc, etc....

Sinceramente... e após ter feito estas contas todas que até hoje não tinha feito, fiquei ainda mais convencido que a realidade das motos eléctricas ainda vem muito longe...

Dúvidas? Basta ver o que os grandes fabricantes estão a fazer... lá vão lançando uns brinquedos, feios até dizer chega (excepto a BMW) e apenas para deitar areia para os olhos da malta...


Motos eléctricas? Sim sem dúvida a favor, mas somente quando tiverme um preço de custo semelhante às motos "normais" e mais importante que tudo, a mesma autonomia e um rápido carregamento. Até lá....aqui o je vai continuar a poluir o ambiente

Já agora que falei em ambiente...o que fazem depois às baterias? pelo que tenho lido esse é e vai ser um dos grandes problemas num futuro bem próximo... tão ou mais grave que o tal fumo que sai do escape...


Serei que sou eu que estou a fazer mal as contas?

Se a Vectrix custasse o mesmo que a GTS 300, aí sim, terias poupado dinheiro, mas como na realidade custa o dobro, ou quase, basta fazer contas....

de despesas com manutenção =
veiga
veiga

Masculino Mensagens : 2876
Data de inscrição : 26/11/2009
Mota : Sym GTS 300i Evo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Aumentar a autonomia dos VEs Empty Re: Aumentar a autonomia dos VEs

Mensagem  lyam em Qua 28 Dez - 23:21

Boas,

Aqui está uma discussão bastante interessante, irá torna-se cada vez mais importante.
A verdade é que o investimento inicial na vectrix é bastante grande comparado com outras alternativas mais tradicionais, mas não duvido que terá o seu retorno a longo prazo.
Eu também estive interessado na vectrix quando vi passar por mim uma em Lisboa, mas a verdade é que pelo preço deixou de ser uma alternativa, mas os consumos são impressionantes e talvez daqui a uns anos possa ser opção.
Aproveito para colocar ao Volt uma questão que não entendi: em relação às baterias? Ao longo desses 50 000 km já tiveste que mudar de baterias?se não quantos kms espera-se que ainda dure?

Boas curvas

Abraço

lyam

Masculino Mensagens : 51
Data de inscrição : 10/12/2011
Mota : Daelim Roadwin fi ex:susuki tune

Voltar ao Topo Ir em baixo

Aumentar a autonomia dos VEs Empty Re: Aumentar a autonomia dos VEs

Mensagem  Jorge_Costa em Qui 29 Dez - 0:00

Tenho a dizer que enquanto as baterias não evoluírem não adianta nada os outros progressos.
Jorge_Costa
Jorge_Costa

Masculino Mensagens : 467
Data de inscrição : 06/06/2011
Mota : Yamaha YZF R125 Blue Thunder , A Faísca (Rev.2)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Aumentar a autonomia dos VEs Empty Re: Aumentar a autonomia dos VEs

Mensagem  veiga em Qui 29 Dez - 15:41

Jorge_Costa escreveu: Tenho a dizer que enquanto as baterias não evoluírem não adianta nada os outros progressos.


Jorge com essa frase disseste tudo!



Quando se conseguir uma autonomia minimamente interessante, mas ainda mais importante que isso, uma considerável diminuição nos tempos de recarga, então sim, as eléctricas serão viáveis, por enquanto...
veiga
veiga

Masculino Mensagens : 2876
Data de inscrição : 26/11/2009
Mota : Sym GTS 300i Evo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Aumentar a autonomia dos VEs Empty Re: Aumentar a autonomia dos VEs

Mensagem  Volt em Qui 29 Dez - 16:35

Vivas. Vocês estão vários anos atrasados em termos de informação de VE...

Vamos por partes. Primeiro que tudo, o veiga acabou por mostrar nas contas dele que gasta muito mais na sua mota que eu na minha. Era mesmo isso que eu queria que ele fizesse. Adorei. Está aí a prova de que as eléctricas são mais baratas a longo, médio e curto prazo. O resto são "opções"... Dizer que pode fazer mais quilómetros seguidos (e coisas assim) na mesma mota do "dia-a-dia", só serve para quem prefere ter essa mota e gastar mais do que quem tem duas (ou tem uma e aluga outra quando vai de férias ou fim-de-semana)... Eu prefiro gastar menos. Tenho uma mota poupada que não me dá chatices e outras motas poluidoras que só uso quando não posso usar a "poupadora". Parece simples não parece? É porque é. Já não sei o que é ter de sair mais cedo para ir "à bomba". Já não sei o que é andar na reserva porque a bomba mais barata está ainda a x quilómetros de distância. Já não sei o que é ficar em casa para não ter que gastar gasolina porque o café/bar mais próximo fica a x quilómetros... Já não sei o que é ter de esperar 5 ou 6 minutos para que a mota aqueça quando até já estou atrasado para "entrar ao trabalho"... E muito mais há por dizer...

Ainda bem que falas nas baterias. É um mito dizer-se que não se sabe o que fazer a elas. Os veículos CI são os que usam as mais poluentes e menos recicláveis das baterias. As baterias de gel/chumbo (que equipam as motas CI) estão longe de ser tão amigas do ambiente como as NiMH (que equipavam as primeiras Vectrix) ou as LiFePo4 (que equipam as actuais Vectrix). Tal como os motores eléctricos estão próximos dos 100% de eficiência, estas baterias estão próximas de ser 100% recicláveis (ao contrário dos motores CI e das baterias que equipam os CI).

Não sei se fui claro no ponto anterior, mas gosto de sublinhar esse facto (do mito das baterias poluidoras) que mais não é do que uma falácia usada para "desinformar" quem já vem mal informado...

Mais coisas... Obrigado Ruben. ;-).

Em relação à questão do lyam, sim, já não tenho as baterias originais da minha primeira Vectrix. Houve uma espécie de recall a todas as baterias das Vectrix anteriores a 2008 (inclusive) que foram à vida por causa de um problema que penso, estava relacionado com o software da mota (o "motor-controller", que é uma espécie de "centralina mais desenvolvida"). As baterias NiMH actuais que equipam a minha ZEV têm cerca de 30 mil quilómetros, ou seja, ainda faltam mais 50 mil até acabar a garantia (que também acaba por "tempo": em Fevereiro de 2015).

Claro que a Vectrix não é uma marca qualquer. Nem a Masac é um importador qualquer. Nestes quase 4 anos que levo de motas eléctricas, tive alguns problemas (já queimei um fusível, um condensador...) mas não gastei um tostão pois estive sempre abrangido pela garantia (excepto nos casos de manutenção, obviamente).

E olha que sou o utilizador de Vectrix que mais problemas tem, pois o meu "andamento" é pouco comum (gosto de andar bem e curvar bem e não sou fã de estar parado atrás de carros ou arrancar depois de outros nos semáforos)...

Para finalizar, há a questão das baterias evoluírem. Elas vão estar sempre em evolução. Tal como os motores a combustão estão em constante evolução. Neste momento, tenho uma mota que faz entre 80 a 120 quilómetros por carga. É mais do que suficiente para o meu dia-a-dia. Esta minha Super-ZEV tem, neste momento, perto de 9 mil quilómetros e foi comprada em Agosto (sim, estamos a chegar a Janeiro e ela vai fazer 5 meses). Há poucos a fazer mais quilómetros que eu no dia-a-dia. Creio que não faz sentido estar a comprar uma mota ainda com mais autonomia se não vamos fazer uso dela... O mais provável é, no futuro, estas motas terem a possibilidade de usar os carregadores rápidos que usam os carros. Será como ir "à bomba". Um carro tem 25 ou 26 kWh de carga por meter em 30 minutos. Estas motas levam 5.4 kWh... Basta fazer as contas. :-D.

A frase "não são viáveis" deve se adaptar a quem faça, certamente, mais quilómetros que eu. E eu gostava de conhecer essa pessoa...

:-).
Volt
Volt

Masculino Mensagens : 46
Data de inscrição : 21/06/2011
Mota : Vectrix VX-1 Li+; Vectrix VX-1; Sym GTS 125i

Voltar ao Topo Ir em baixo

Aumentar a autonomia dos VEs Empty Re: Aumentar a autonomia dos VEs

Mensagem  veiga em Qui 29 Dez - 18:24

Desculpa volt, muito blabla, mas não falaste das contas e onde é que eu gasto mais do que tu, pois enquanto eu apenas preciso de ter uma moto, para uso TOTAL, tu para fazeres o mesmo que eu faço na minha tens de ter DUAS!!!

Desculpa lá, mas não percebo as tuas contas... e onde é que o facto de teres duas motos, para fazeres o que eu faço com uma, é mais económico!

Só para começar... quanto pagaste pela vectrix e pela outra moto?

Eu paguei 4000 euros pela Valentina, só!


Seguro? Só pago 1! E tu?


Continuamos?


Acho que não vale a pena....

veiga
veiga

Masculino Mensagens : 2876
Data de inscrição : 26/11/2009
Mota : Sym GTS 300i Evo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Aumentar a autonomia dos VEs Empty Re: Aumentar a autonomia dos VEs

Mensagem  Volt em Qui 29 Dez - 18:53

Vivas a todos. :-).

Entretanto, fizeram-me mais umas perguntas (que eu não posso responder por PM ainda):

Por exemplo numa viagem de Lisboa ao Porto, consigo fazer a viagem?? existe pontos de carregamento ao longo da viagem??

Sim. É possível. Eu já o fazia em 2008. Tanto fiz viagens a Faro ou Portimão, como fiz a Coimbra, Viseu, Mangualde... Tomadas há em todo o lado. Já carreguei em cafés, restaurantes, bombas de gasolina, centros comerciais, casas de particulares, etc.. Antigamente, estas eram as opções. Hoje em dia já há postos de carregamento do Mobi.E quase em todo o país e muitos estabelecimentos comerciais têm o seu próprio ponto de carga. Podem ver neste site: http://www.electromaps.com/. Aqui carregam-se manualmente os postos pelos "utilizadores de VE" do mundo (Portugal e Espanha estão muito representados). Também podes ir ao site do Mobi.E ver os actuais postos deles. Por enquanto, todos são gratuitos. Quando começarem a ser pagos, é possível que uma carga custe mais cerca de 4 cêntimos por kWh que a tarifa de referência (que está nos 14 cêntimos, acho). São valores muito baixos, especialmente sabendo que, na maior parte das motas eléctricas, 5 kWh chegam para 100 quilómetros. Mas é sempre melhor carregar em casa e durante a noite. :-D.

Para quem quer dar mota à troca para obter uma Vectrix, o comportamento é o mesmo para com as outras marcas de motas. É preciso ir a um concessionário da marca e pedir para avaliarem a "nossa" mota e fazer proposta. Há concessionários que fazem bons negócios com motas de troca e outros que não gostam. Têm de procurar. :-).
Aqui em Lisboa só há um concessionário e sei que aceita trocas, pois é onde eu costumo ir e foi onde comprei a minha última mota. Mas há mais um em Algés e outro em Cascais.

Quem quiser mais informações, diga. Por vezes não posso responder logo (e ainda não consigo mandar PMs), mas arranja-se forma. :-).

Agora o veiga (o teu post chegou quando já estava a terminar este):
Não sei se percebeste o que eu disse, mas vou tentar evitar mais "bla bla bla". Entre a compra e a "venda" de uma mota há gastos com "manutenção". Em três anos e 52 mil quilómetros, tive de gastar 3 mil e picos euros na minha Vectrix (3 mil é a diferença entre a compra e venda, sendo os picos os restantes gastos). Se gastares em gasolina 2500 euros (a 5 euros cada 100 quilómetros, são 2500€ cada 50 mil), e mais 800€ de manutenção (100€ a cada 6 mil quilómetros é muito?) já gastaste mais do que eu e nem sequer precisei de falar de outros gastos que tu tens e eu não tenho. Percebeste? :-).

Eu pago 60 euros anuais por seguro. Tenho mais de uma década de histórico sem acidentes (o que ajuda muito). Mas o que poupo em gasolina dá para isso e muito mais... Ora, quanto pagas tu de selo? Quanto é que recebes no IRS pela compra da tua mota?... É melhor não entrar por aí não é? Ou isto vira mais "bla bla bla" e depois não dá para perceber porque é que eu gasto menos tendo duas (ou três, ou cinco) motas do que tendo apenas uma que, ainda por cima, me obrigava a frequentes desvios para lhe "alimentar"...

Nos últimos 5 anos fiz mais de 100 mil quilómetros. Não preciso especular para saber o que é andar a gasolina e o que é andar a electricidade. Já vivi ambos. Sei quanto "custa" uma e outra opção. E quando digo "custa", estou a referir-me também aos "custos" incómodos que nos poluem o dia-a-dia...

Boas entradas a todos.
Volt
Volt

Masculino Mensagens : 46
Data de inscrição : 21/06/2011
Mota : Vectrix VX-1 Li+; Vectrix VX-1; Sym GTS 125i

Voltar ao Topo Ir em baixo

Aumentar a autonomia dos VEs Empty Re: Aumentar a autonomia dos VEs

Mensagem  BGomes em Qui 29 Dez - 19:05

Volt porque estas sempre a falar de poluição? lembro te que a menos que tenhas um painel solar ou uma linha directa de uma hidroelectrica a tua energia tambem é poluente... centrais a carvão por exemplo...
BGomes
BGomes

Masculino Mensagens : 350
Data de inscrição : 07/12/2011
Mota : Honda pcx, ex: Honda cbf 125

Voltar ao Topo Ir em baixo

Aumentar a autonomia dos VEs Empty Re: Aumentar a autonomia dos VEs

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum