F125cc.com
duvida na aquisição da primeira mota F125cc10


Participe do fórum, é rápido e fácil

F125cc.com
duvida na aquisição da primeira mota F125cc10
F125cc.com
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.
Julho 2021
SegTerQuaQuiSexSabDom
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031 

Calendário Calendário

Tempo
ipma.pt-Google pagerank and Worth
Como chegaste ao F125cc?
Preços dos Combustíveis


Quem está conectado?
103 usuários online :: 0 registrados, 0 invisíveis e 103 visitantes :: 2 motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 438 em Qui 15 Jul - 14:22

duvida na aquisição da primeira mota

Ir para baixo

duvida na aquisição da primeira mota Empty duvida na aquisição da primeira mota

Mensagem  diogorenato89 Sab 5 Jun - 15:02

boa tarde pessoal,

Chamo-me Diogo tenho 31 anos e apesar de gostar de motas e "apreciar de fora" só agora é que pretendo adquirir uma e começar a entrar no mundo dos motociclos, no entanto, é uma área que não tenho grandes conhecimentos.

O meu objetivo inicial é adquirir uma 125cc visto que só tenho a carta B, e até hoje só andei meia dúzia de vezes em scooters até 50cm, mas futuramente e já depois de estar a vontade com a mota, ganhar a pratica toda com as mudanças, condução e etc, num espaço de 2/3 anos queria passar para uma mota para longo prazo e com mais cilindrada.

Ando a ver varias e o estilo que mais me identifico são as choppers/cruisers, do género das keeway superlight, UM Renegade, Hyosung aquila 125 entre outras do género, e não queria ir muito além dos 3000€ (só pela mota excluindo aqui o valor da documentação caso compre uma nova).

O meu percurso maioritariamente seria ir do Seixal para Lisboa para trabalhar (cerca de 23km onde 15k são feitos pela A2 incluindo a ponte 25 de Abril) mas também de vez em quando dar uns passeios, inclusive quando me encontrar à vontade com a mota ir fazer um passeio com a minha namorada. 

A mota seria muito para um inicio para me habituar a andar em duas rodas mas tenho medo de optar por uma que seja fraquinha demais em relação a maioria das 125 principalmente quando andar com um passageiro, já sei que é uma 125 e qualquer uma delas não são para andar a mais de 100Km/h mas também não queria comprar uma que morra aos 70/80 Km/h, preferencialmente queria adquirir uma nova.

Agradeço opiniões.
Muito obrigado duvida na aquisição da primeira mota 952112

diogorenato89

Masculino Mensagens : 4
Data de inscrição : 05/06/2021
Mota : ainda não tenho

Ir para o topo Ir para baixo

duvida na aquisição da primeira mota Empty Re: duvida na aquisição da primeira mota

Mensagem  BrunoR. Dom 6 Jun - 19:16

Viva Diogo.
Isto não há uma resposta certa e vais encontrar muitas opiniões diversas e contraditórias.
No meu caso, há uns anos estive mais ou menos como tu: Tnha tirado a A1 em miúdo e andado muitos KMS numa scooter de uma irmã mais velha.. Mas não queria subir de cc's. 😅
Comprei uma Duke 125 usada (mais cara que muitas novas ..) porque era para ficar e tal... E ficou... 4 meses e 10mil KMS (com ida de Coimbra a Faro, com pendura à concentração)... 2 meses depois de a ter estava a tirar a carta A. e subi de cc's.
Ou seja, acho que se já ponderas tirar a carta... Ir para nova em 125 é errado pela desvalorização que sofres na venda. O mercado é vasto... Há com certeza uma usada que gostas e que te vai dar uns tempos de prazer... E daqui a 6, 12 ou 18 meses, vendes quase sem perder nada... Pus 2 pneus na Duke (250€) e vendi-a por mais € 100 (perdi €150) e a mota à data (2013) mandava um cenário...😉😉
Quanto a modelos... É mesmo o teu gosto, quanto melhor a marca melhor qualidade (prevista..) e com melhor material menos folgas, parafusos a apertar o tubos a furar.. mas em tudo é preciso sorte..
Espero ter ajudado.
Boa escolha... E quando for caso... Boas curvas
Abraço
Bruno.
BrunoR.
BrunoR.

Masculino Mensagens : 5
Data de inscrição : 22/02/2013
Mota : Yamaha XJ6-n (Ex-KTM Duke 125)

Ir para o topo Ir para baixo

duvida na aquisição da primeira mota Empty Re: duvida na aquisição da primeira mota

Mensagem  Edgar Santos Dom 6 Jun - 23:41

Olá Diogo
Vou tentar dar uma opinião que contudo é apenas pessoal.
Porque comecei a usar mota aos 17 e já vou nos 66 julgo ter alguma experiência.
Tive várias, sempre novas, desde R's, turísticas desportivas e turísticas de 800, e 1200cc, trail's de 1000 e 125cc, aceleras 50, 250 e 600 e triciclos de 250 e 500cc.
Actualmente tenho a UM Adventure 125 que tem de positivo o motor, que vem dos tempos da Derbi
1º- A QUALIDADE PAGA-SE
Das 4 Honda (Turística desportiva e  3 aceleras) nunca tive nada a apontar
Da Yamaha (Turismo) nada a apontar
Da Triumph (R, Turismo e Trail), alguns pequenos pormenores a apontar nas primeiras sendo a última 5 estrelas
Da UM tivemos eu e a minha companheira problemas nos travões e de oxidação nas pinturas, sem solução
Da Piaggio e Gilera (4 Triciclos), tive alguns problemas eléctricos que nem se conseguiam identificar para reparar
2º-DO MOTOR
Os bi cilíndricos tem um binário fabuloso mas são algo lentas a subir de rotação, ao contrário das tetra cilíndricas que sobem rápido mas perdem binário em baixas RPM
As mono cilíndricas nunca gostei, (pode ser implicância minha), pois têm vibrações a mais.
A Honda, nos motores tetra em V adoptou o sistema de abertura de válvulas com o aumento de rotação que resolve em parte a falta de binário em baixa RPM, (funciona, dá gozo, mas parece ter dois motores diferentes)
As tri cilíndricas são excepcionais, conjugam o que de bom têm as bi e as tetra.
O motor das 125 da UM, para mim, é o melhor motor de sempre nas 125, que foi fruto da competição da Derbi.
3º A UTILIZAÇÃO
Definir para que se quer a moto é fundamental pois se para viajar com pendura e bagagem menos de 1000 nem vale a deslocação, (se for a solo a partir de 800 já da "luta"). 
Para andar na cidade 125 chega bem. 
Mas se vou fazer AE para ir à cidade as 125 são um desatino, é mais tempo a olhar o espelho a ver quem lá vem de que olhar para a estrada.
Em jeito de conclusão, a 125 é um pouco limitada porque não "anda" e as 1000 ou 1200cc também, pois em urbano são menos instintivas a manobrar por serem mais pesadas.
As cilindradas que senti serem mais polivalentes foram as 600 ou 800cc e as 900cc tri cilíndricas.
Para iniciar faz sentido começar por cilindradas mais baixas, mas olhava logo para 250cc, pois sempre é um pouco mais "desafogada" que a 125 e isto de comprar e vender o normal é perder dinheiro.
Eu no seu lugar talvez começasse a experimentar o conceito numa 125 usada, (sabendo que estaria limitado em AE), tirava a carta, passava para uma usada de 250, tirava conclusões e decidia a seguir.
Não sei se ajudei ou confundi ainda mais, mas não desista, que o motociclismo fica um vício que fica para sempre.
Boas curvas e cuidado com o "tapete"

Edgar Santos

Masculino Mensagens : 10
Data de inscrição : 10/12/2017
Mota : UM Adventure TT (Derbi Terra 125)

Ir para o topo Ir para baixo

duvida na aquisição da primeira mota Empty Honda CB 125 F

Mensagem  Kxadas Seg 7 Jun - 0:56

Boas

Caso interesse, tenho uma Honda CB 125 F com apenas 1.700 kms, dos quais 830 foram de rodagem até ao Algarve. 

Cumprimentos e boa compra.

Kxadas

Masculino Mensagens : 26
Data de inscrição : 14/09/2013
Mota : Honda CB125F

Ir para o topo Ir para baixo

duvida na aquisição da primeira mota Empty Re: duvida na aquisição da primeira mota

Mensagem  diogorenato89 Seg 7 Jun - 10:12

Edgar Santos escreveu:Olá Diogo
Vou tentar dar uma opinião que contudo é apenas pessoal.
Porque comecei a usar mota aos 17 e já vou nos 66 julgo ter alguma experiência.
Tive várias, sempre novas, desde R's, turísticas desportivas e turísticas de 800, e 1200cc, trail's de 1000 e 125cc, aceleras 50, 250 e 600 e triciclos de 250 e 500cc.
Actualmente tenho a UM Adventure 125 que tem de positivo o motor, que vem dos tempos da Derbi
1º- A QUALIDADE PAGA-SE
Das 4 Honda (Turística desportiva e  3 aceleras) nunca tive nada a apontar
Da Yamaha (Turismo) nada a apontar
Da Triumph (R, Turismo e Trail), alguns pequenos pormenores a apontar nas primeiras sendo a última 5 estrelas
Da UM tivemos eu e a minha companheira problemas nos travões e de oxidação nas pinturas, sem solução
Da Piaggio e Gilera (4 Triciclos), tive alguns problemas eléctricos que nem se conseguiam identificar para reparar
2º-DO MOTOR
Os bi cilíndricos tem um binário fabuloso mas são algo lentas a subir de rotação, ao contrário das tetra cilíndricas que sobem rápido mas perdem binário em baixas RPM
As mono cilíndricas nunca gostei, (pode ser implicância minha), pois têm vibrações a mais.
A Honda, nos motores tetra em V adoptou o sistema de abertura de válvulas com o aumento de rotação que resolve em parte a falta de binário em baixa RPM, (funciona, dá gozo, mas parece ter dois motores diferentes)
As tri cilíndricas são excepcionais, conjugam o que de bom têm as bi e as tetra.
O motor das 125 da UM, para mim, é o melhor motor de sempre nas 125, que foi fruto da competição da Derbi.
3º A UTILIZAÇÃO
Definir para que se quer a moto é fundamental pois se para viajar com pendura e bagagem menos de 1000 nem vale a deslocação, (se for a solo a partir de 800 já da "luta"). 
Para andar na cidade 125 chega bem. 
Mas se vou fazer AE para ir à cidade as 125 são um desatino, é mais tempo a olhar o espelho a ver quem lá vem de que olhar para a estrada.
Em jeito de conclusão, a 125 é um pouco limitada porque não "anda" e as 1000 ou 1200cc também, pois em urbano são menos instintivas a manobrar por serem mais pesadas.
As cilindradas que senti serem mais polivalentes foram as 600 ou 800cc e as 900cc tri cilíndricas.
Para iniciar faz sentido começar por cilindradas mais baixas, mas olhava logo para 250cc, pois sempre é um pouco mais "desafogada" que a 125 e isto de comprar e vender o normal é perder dinheiro.
Eu no seu lugar talvez começasse a experimentar o conceito numa 125 usada, (sabendo que estaria limitado em AE), tirava a carta, passava para uma usada de 250, tirava conclusões e decidia a seguir.
Não sei se ajudei ou confundi ainda mais, mas não desista, que o motociclismo fica um vício que fica para sempre.
Boas curvas e cuidado com o "tapete"


muito obrigado pela dica, no entanto, tirar a carta por questões de disponibilidade a partida só vou tirar para o ano... logo terá de ser uma mota 125cc para começar.

em relaçao as motas que questionei? a Keeway, a UM renegade e a hyosung aquila 125? ou outras deste estilo 125? aconselha alguma?



diogorenato89

Masculino Mensagens : 4
Data de inscrição : 05/06/2021
Mota : ainda não tenho

Ir para o topo Ir para baixo

duvida na aquisição da primeira mota Empty Re: duvida na aquisição da primeira mota

Mensagem  diogorenato89 Seg 7 Jun - 10:13

Kxadas escreveu:Boas

Caso interesse, tenho uma Honda CB 125 F com apenas 1.700 kms, dos quais 830 foram de rodagem até ao Algarve. 

Cumprimentos e boa compra.

muito obrigado pela oferta, mas queria mesmo uma dentro daquele estilo que mencionei...

diogorenato89

Masculino Mensagens : 4
Data de inscrição : 05/06/2021
Mota : ainda não tenho

Kxadas gosta desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo

duvida na aquisição da primeira mota Empty Re: duvida na aquisição da primeira mota

Mensagem  lagessousa Seg 7 Jun - 10:31

diogorenato89 escreveu:boa tarde pessoal,

Chamo-me Diogo tenho 31 anos e apesar de gostar de motas e "apreciar de fora" só agora é que pretendo adquirir uma e começar a entrar no mundo dos motociclos, no entanto, é uma área que não tenho grandes conhecimentos.

O meu objetivo inicial é adquirir uma 125cc visto que só tenho a carta B, e até hoje só andei meia dúzia de vezes em scooters até 50cm, mas futuramente e já depois de estar a vontade com a mota, ganhar a pratica toda com as mudanças, condução e etc, num espaço de 2/3 anos queria passar para uma mota para longo prazo e com mais cilindrada.

Ando a ver varias e o estilo que mais me identifico são as choppers/cruisers, do género das keeway superlight, UM Renegade, Hyosung aquila 125 entre outras do género, e não queria ir muito além dos 3000€ (só pela mota excluindo aqui o valor da documentação caso compre uma nova).

O meu percurso maioritariamente seria ir do Seixal para Lisboa para trabalhar (cerca de 23km onde 15k são feitos pela A2 incluindo a ponte 25 de Abril) mas também de vez em quando dar uns passeios, inclusive quando me encontrar à vontade com a mota ir fazer um passeio com a minha namorada. 

A mota seria muito para um inicio para me habituar a andar em duas rodas mas tenho medo de optar por uma que seja fraquinha demais em relação a maioria das 125 principalmente quando andar com um passageiro, já sei que é uma 125 e qualquer uma delas não são para andar a mais de 100Km/h mas também não queria comprar uma que morra aos 70/80 Km/h, preferencialmente queria adquirir uma nova.

Agradeço opiniões.
Muito obrigado duvida na aquisição da primeira mota 952112
Há 8 anos atrás fiz exatamente essa opção: comprar uma 125 para ir todos dias da amora para lisboa. depois de muito pesquizar... conclusão há as japonesas e as outras. Comprei uma yamaha ybr 125 (nova) e fiz 300000 kms nela a ir pra lx. Zero problemas. O que lia aqui no forum de outras considerei eram problemas e mais problemas. 
Na prática vou sempre pela nacional (mesmo agora com a 600). na A2 acho mais perigoso ir pela berma, e há frequentemente policia pra multar a malta. Boa sorte.
lagessousa
lagessousa

Masculino Mensagens : 125
Data de inscrição : 15/04/2013
Mota : XJ6 n

Ir para o topo Ir para baixo

duvida na aquisição da primeira mota Empty Re: duvida na aquisição da primeira mota

Mensagem  Edgar Santos Seg 7 Jun - 12:49

diogorenato89 escreveu:
Edgar Santos escreveu:Olá Diogo
Vou tentar dar uma opinião que contudo é apenas pessoal.
Porque comecei a usar mota aos 17 e já vou nos 66 julgo ter alguma experiência.
Tive várias, sempre novas, desde R's, turísticas desportivas e turísticas de 800, e 1200cc, trail's de 1000 e 125cc, aceleras 50, 250 e 600 e triciclos de 250 e 500cc.
Actualmente tenho a UM Adventure 125 que tem de positivo o motor, que vem dos tempos da Derbi
1º- A QUALIDADE PAGA-SE
Das 4 Honda (Turística desportiva e  3 aceleras) nunca tive nada a apontar
Da Yamaha (Turismo) nada a apontar
Da Triumph (R, Turismo e Trail), alguns pequenos pormenores a apontar nas primeiras sendo a última 5 estrelas
Da UM tivemos eu e a minha companheira problemas nos travões e de oxidação nas pinturas, sem solução
Da Piaggio e Gilera (4 Triciclos), tive alguns problemas eléctricos que nem se conseguiam identificar para reparar
2º-DO MOTOR
Os bi cilíndricos tem um binário fabuloso mas são algo lentas a subir de rotação, ao contrário das tetra cilíndricas que sobem rápido mas perdem binário em baixas RPM
As mono cilíndricas nunca gostei, (pode ser implicância minha), pois têm vibrações a mais.
A Honda, nos motores tetra em V adoptou o sistema de abertura de válvulas com o aumento de rotação que resolve em parte a falta de binário em baixa RPM, (funciona, dá gozo, mas parece ter dois motores diferentes)
As tri cilíndricas são excepcionais, conjugam o que de bom têm as bi e as tetra.
O motor das 125 da UM, para mim, é o melhor motor de sempre nas 125, que foi fruto da competição da Derbi.
3º A UTILIZAÇÃO
Definir para que se quer a moto é fundamental pois se para viajar com pendura e bagagem menos de 1000 nem vale a deslocação, (se for a solo a partir de 800 já da "luta"). 
Para andar na cidade 125 chega bem. 
Mas se vou fazer AE para ir à cidade as 125 são um desatino, é mais tempo a olhar o espelho a ver quem lá vem de que olhar para a estrada.
Em jeito de conclusão, a 125 é um pouco limitada porque não "anda" e as 1000 ou 1200cc também, pois em urbano são menos instintivas a manobrar por serem mais pesadas.
As cilindradas que senti serem mais polivalentes foram as 600 ou 800cc e as 900cc tri cilíndricas.
Para iniciar faz sentido começar por cilindradas mais baixas, mas olhava logo para 250cc, pois sempre é um pouco mais "desafogada" que a 125 e isto de comprar e vender o normal é perder dinheiro.
Eu no seu lugar talvez começasse a experimentar o conceito numa 125 usada, (sabendo que estaria limitado em AE), tirava a carta, passava para uma usada de 250, tirava conclusões e decidia a seguir.
Não sei se ajudei ou confundi ainda mais, mas não desista, que o motociclismo fica um vício que fica para sempre.
Boas curvas e cuidado com o "tapete"


muito obrigado pela dica, no entanto, tirar a carta por questões de disponibilidade a partida só vou tirar para o ano... logo terá de ser uma mota 125cc para começar.

em relaçao as motas que questionei? a Keeway, a UM renegade e a hyosung aquila 125? ou outras deste estilo 125? aconselha alguma?

Olá Diogo.
Das marcas que menciona apenas destacaria a UM pelo motor.
Até aos 80 porta-se muito bem, aguenta bem os 100 e estica-se aos 120.
Os problemas que mencionei de corrosão de pintura foram nos braços dos espelhos e o dos travões é na perda de eficácia no traseiro, (que só utilizo no início de travagem e se necessário em curva), que "desferra" e obriga a ir à oficina para "ferrá-lo" de novo. Aguenta +- 6 meses.




Edgar Santos

Masculino Mensagens : 10
Data de inscrição : 10/12/2017
Mota : UM Adventure TT (Derbi Terra 125)

Ir para o topo Ir para baixo

duvida na aquisição da primeira mota Empty Re: duvida na aquisição da primeira mota

Mensagem  diogorenato89 Seg 7 Jun - 16:58

e a nível de peças para a marca "UM" ou para a "hyosung" arranja-se por ca? ou são marcas mais difíceis para arranjar?

diogorenato89

Masculino Mensagens : 4
Data de inscrição : 05/06/2021
Mota : ainda não tenho

Ir para o topo Ir para baixo

duvida na aquisição da primeira mota Empty Re: duvida na aquisição da primeira mota

Mensagem  Edgar Santos Ter 8 Jun - 0:12

diogorenato89 escreveu:e a nível de peças para a marca "UM" ou para a "hyosung" arranja-se por ca? ou são marcas mais difíceis para arranjar?
Da UM, porque temos duas, é fácil de responder. Tem agentes e o importador Ibérico é o a Multimotos.
Da Hyosung não faço ideia.

Edgar Santos

Masculino Mensagens : 10
Data de inscrição : 10/12/2017
Mota : UM Adventure TT (Derbi Terra 125)

Ir para o topo Ir para baixo

duvida na aquisição da primeira mota Empty oferta

Mensagem  emanuel brilhante Qui 24 Jun - 16:22

Kxadas escreveu:Boas

Caso interesse, tenho uma Honda CB 125 F com apenas 1.700 kms, dos quais 830 foram de rodagem até ao Algarve. 

Cumprimentos e boa compra.
boa tarde, sou novo no forum.
sou o Emanuel do lavradio/ barreiro.
Qual o valor que pretende pela sua honda cb 125 f?
è de que ano?Como está?
desculpe todas essas minhas dúvidas.
obrigado
Emanuel

emanuel brilhante

Masculino Mensagens : 14
Data de inscrição : 24/06/2021
Mota : daelim 125

Ir para o topo Ir para baixo

duvida na aquisição da primeira mota Empty Re: duvida na aquisição da primeira mota

Mensagem  Kxadas Sex 25 Jun - 0:25

emanuel brilhante escreveu:
Kxadas escreveu:Boas

Caso interesse, tenho uma Honda CB 125 F com apenas 1.700 kms, dos quais 830 foram de rodagem até ao Algarve. 

Cumprimentos e boa compra.
boa tarde, sou novo no forum.
sou o Emanuel do lavradio/ barreiro.
Qual o valor que pretende pela sua honda cb 125 f?
è de que ano?Como está?
desculpe todas essas minhas dúvidas.
obrigado
Emanuel
Boa noite

Comprei nova em Julho de 2017. Tem apenas 1.700 kms, nunca caiu, por isso está impecável. As únicas pequenas coisas que se podem apontar, tem a ver com o facto de estar parada, como por exemplo um ou outro parafuso com inicios de pequenas ferrugens, mas nada de especial. Vendo por 2.000€ já com a mudança de nome incluída no preço.

Kxadas

Masculino Mensagens : 26
Data de inscrição : 14/09/2013
Mota : Honda CB125F

Ir para o topo Ir para baixo

duvida na aquisição da primeira mota Empty Re: duvida na aquisição da primeira mota

Mensagem  emanuel brilhante Sex 25 Jun - 1:03

Boa noite.
Sou o Emanuel o iniciante.
Uma daelim roadwin 125 com 8.500 km  de 2010, por 1000€, que vos parece? Agradeço que me aconselhem.
Obrigado

emanuel brilhante

Masculino Mensagens : 14
Data de inscrição : 24/06/2021
Mota : daelim 125

Ir para o topo Ir para baixo

duvida na aquisição da primeira mota Empty Re: duvida na aquisição da primeira mota

Mensagem  Kxadas Sex 25 Jun - 17:51

emanuel brilhante escreveu:Boa noite.
Sou o Emanuel o iniciante.
Uma daelim roadwin 125 com 8.500 km  de 2010, por 1000€, que vos parece? Agradeço que me aconselhem.
Obrigado
Essa resposta vai-te ser dada pela própria mota, quando começares a caminho da oficina e perceberes que devias ter comprado uma Honda ou uma Yamaha  :)  Mas obviamente que eu sou suspeito para falar porque tenho uma Honda para vender. Deves ouvir outras opiniões. 

Boas voltas  duvida na aquisição da primeira mota 33673

Kxadas

Masculino Mensagens : 26
Data de inscrição : 14/09/2013
Mota : Honda CB125F

Ir para o topo Ir para baixo

duvida na aquisição da primeira mota Empty Re: duvida na aquisição da primeira mota

Mensagem  emanuel brilhante Sab 26 Jun - 17:09

Boas tardes, os 2000€ que pede pela Honda é valor mínimo ou é negociável?
Abraço
Emanuel

emanuel brilhante

Masculino Mensagens : 14
Data de inscrição : 24/06/2021
Mota : daelim 125

Ir para o topo Ir para baixo

duvida na aquisição da primeira mota Empty Re: duvida na aquisição da primeira mota

Mensagem  emanuel brilhante Sab 26 Jun - 17:17

Como se chama?
De onde é?

emanuel brilhante

Masculino Mensagens : 14
Data de inscrição : 24/06/2021
Mota : daelim 125

Ir para o topo Ir para baixo

duvida na aquisição da primeira mota Empty Re: duvida na aquisição da primeira mota

Mensagem  Kxadas Dom 27 Jun - 23:05

emanuel brilhante escreveu:Boas tardes, os 2000€ que pede pela Honda é valor mínimo ou é negociável?
Abraço
Emanuel
Boa noite

É o valor minimo com a mudança de nome incluída no preço. Sou de mafra.

Cps.

Kxadas

Masculino Mensagens : 26
Data de inscrição : 14/09/2013
Mota : Honda CB125F

Ir para o topo Ir para baixo

duvida na aquisição da primeira mota Empty Re: duvida na aquisição da primeira mota

Mensagem  Pedrofmp Seg 28 Jun - 20:51

Keeway são boas? Custom


Última edição por Pedrofmp em Seg 28 Jun - 20:52, editado 1 vez(es)

Pedrofmp

Masculino Mensagens : 2
Data de inscrição : 28/06/2021
Mota : Não tenho

Ir para o topo Ir para baixo

duvida na aquisição da primeira mota Empty Re: duvida na aquisição da primeira mota

Mensagem  Pedrofmp Seg 28 Jun - 20:52

Kxadas escreveu:
emanuel brilhante escreveu:Boas tardes, os 2000€ que pede pela Honda é valor mínimo ou é negociável?
Abraço
Emanuel
Boa noite

É o valor minimo com a mudança de nome incluída no preço. Sou de mafra.

Cps.
Nova custa 2.750€

Pedrofmp

Masculino Mensagens : 2
Data de inscrição : 28/06/2021
Mota : Não tenho

Ir para o topo Ir para baixo

duvida na aquisição da primeira mota Empty Re: duvida na aquisição da primeira mota

Mensagem  Kxadas Ter 29 Jun - 0:09

Pedrofmp escreveu:
Kxadas escreveu:
emanuel brilhante escreveu:Boas tardes, os 2000€ que pede pela Honda é valor mínimo ou é negociável?
Abraço
Emanuel
Boa noite

É o valor minimo com a mudança de nome incluída no preço. Sou de mafra.

Cps.
Nova custa 2.750€
Mais a mudança de nome.
É comprar! :)

Kxadas

Masculino Mensagens : 26
Data de inscrição : 14/09/2013
Mota : Honda CB125F

Ir para o topo Ir para baixo

duvida na aquisição da primeira mota Empty Re: duvida na aquisição da primeira mota

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Ir para o topo Ir para baixo

Ir para o topo


 
Permissão neste fórum:
Você não pode responder aos tópicos